×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 29 de novembro de 2021

Voos domésticos atingem 80% de nível pré-pandemia

Voos domésticos atingem 80% de nível pré-pandemiaFoto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Informação foi dada em Dubai pelo ministro do Turismo, Gilson Machado

Por Vitor Abdala* – Enviado Especial - Dubai - 04/10/2021 - 08:15:02

Os voos domésticos já recuperaram 80% dos níveis de passageiros que havia antes da pandemia de covid-19 no Brasil, segundo o ministro do Turismo, Gilson Machado. Em entrevista à Agência Brasil, durante visita à Expo 2020 em Dubai, nos Emirados Árabes, Machado disse que a companhia aérea Azul já até superou seus números pré-pandemia.

“O hub de Recife, por exemplo, já está com 115% de fluxo aéreo. A gente vê também as reservas nos hotéis no final do ano, não tem mais hotel praticamente no Nordeste brasileiro, nos endereços de ecoturismo, no Natal Luz de Gramado e Canela”, afirmou o ministro.

Os voos internacionais, no entanto, ainda estão longe da recuperação. De acordo com Machado, as ligações aéreas com o exterior movimentam atualmente apenas 30% dos passageiros de antes da covid-19.

Gilson Machado chegou a Dubai com a mensagem de que pretende ampliar o número de turistas internacionais que viajam ao Brasil e aumentar os investimentos estrangeiros na infraestrutura de turismo do país. Ele acredita que depois da pandemia, muitos vão querer ter contato com a natureza, que seria um forte ativo brasileiro.

Mas, para isso, seria preciso investir na promoção do Brasil no exterior. “Estamos lutando por recursos para isso, porque a briga pelo turista internacional é briga de cachorro grande. O turismo é dinheiro na veia da economia. A gente vê hoje um país como o México, que tem US$ 500 milhões para divulgar seu país lá fora. Por isso que o México recebe praticamente quase dez vezes mais turistas estrangeiros que o Brasil. Nós estamos lutando junto com o Congresso Nacional, para que a Embratur tenha mais recursos”, acrescentou.

A meta é atingir um patamar de 12 milhões de visitantes internacionais, o dobro do recorde já registrado no país, que foi atingido em 2018, com 6,62 milhões. Nos dois anos anteriores, os números também ficaram próximos de 6,6 milhões. Em 2019, se esperava bater a marca de 7 milhões, devido à isenção de vistos para americanos, canadenses, japoneses e australianos.

Segundo o ministro, no entanto, a crise econômica na Argentina, principal emissor de turistas para o Brasil, representando mais de um terço do total, frustrou as expectativas, e o Brasil recebeu apenas 6,35 milhões de visitantes internacionais.

*O repórter Vitor Abdala e o fotógrafo Marcelo Camargo viajaram a convite da Apex-Brasil

Comentários para "Voos domésticos atingem 80% de nível pré-pandemia":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Novos lugares para passear em São Paulo

Novos lugares para passear em São Paulo

Entre as opções, o Estadão selecionou novos locais - entre bar, restaurante, teatro e cinema. Tudo isso para você se animar a sair de casa.

Geoparque Seridó passa por avaliação para integrar rede mundial da Unesco

Geoparque Seridó passa por avaliação para integrar rede mundial da Unesco

Membros do Ministério do Turismo acompanham visita técnica que pode fazer do local o segundo do país reconhecido internacionalmente

Ministério do Turismo lança websérie Rotas Criativas do Brasil

Ministério do Turismo lança websérie Rotas Criativas do Brasil

O primeiro vídeo aborda a riqueza e diversidade da gastronomia de Belém, capital do Pará

Vivências no litoral dominam memória de férias do brasileiro, indica pesquisa

Vivências no litoral dominam memória de férias do brasileiro, indica pesquisa

Pôr do sol na Praia da Paúba, em São Sebastião (SP).

Novo Airão atrai turistas e investidores Turismo

Novo Airão atrai turistas e investidores Turismo

Faixas de areia branquinha se formam no período de seca do rio.

MTur prestigia abertura do II Fórum Luso-Brasileiro de Turismo e Negócios

MTur prestigia abertura do II Fórum Luso-Brasileiro de Turismo e Negócios

Gilson Machado Neto e Carlos Brito (Embratur) participam da abertura do fórum.

Museu da História e Cultura Afro-Brasileira é inaugurado no Rio de Janeiro

Museu da História e Cultura Afro-Brasileira é inaugurado no Rio de Janeiro

Espaço funcionará de quinta a sábado, com entrada franca

MTur abre período para credenciamento de agências interessadas em receber turistas chineses

MTur abre período para credenciamento de agências interessadas em receber turistas chineses

Cerca de 150 milhões de chineses viajam anualmente ao exterior.

Museu do Ipiranga prevê inovações na acessibilidade

Museu do Ipiranga prevê inovações na acessibilidade

O museu terá duas entradas a partir do jardim. Nos lados esquerdo e direito, serão grandes portas de acesso a um piso novo, escavado no subsolo, onde antes havia asfalto. Esse andar terá janela para o jardim em altura acessível.

Passeios revelam a história de negros em São Paulo

Passeios revelam a história de negros em São Paulo

Os roteiros incluem lugares de resistência, venda, tortura ou execuções de escravizados, indicados com sinalizações discretas ou nem isso.

Rio de Janeiro pede a ministério que cobre passaporte da vacina de turistas estrangeiros

Rio de Janeiro pede a ministério que cobre passaporte da vacina de turistas estrangeiros

A Prefeitura revelou ter pedido ao Ministério da Saúde que exija o passaporte vacinal contra a covid-19 de pessoas que cheguem ao Brasil vindas de outros países