×
ContextoExato

Fundação do Câncer lança campanha de conscientização contra o HPV

Fundação do Câncer lança campanha de conscientização contra o HPVFoto: Tânia Rego/Agência Brasil

Vacina contra HPV é aplicada em duas doses e protege contra diferentes tipos de lesões pré-cancerosas e câncer

Brasil De Fato | São Paulo (sp) - 04/05/2021 - 18:48:20

Iniciativa ressalta a importância da imunização de crianças e jovens de 9 anos a 14 anos de idade

A Fundação do Câncer lançou na última segunda-feira (3) a campanha nacional #VacinarSalvaVidas, com o objetivo de conscientizar sobre a importância da imunização de crianças e jovens de 9 anos a 14 anos de idade contra o HPV, a fim de prevenir o câncer de colo de útero na fase adulta.

A vacinação é gratuita pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e é feita em três doses, com intervalos de dois a seis meses.

O médico Luiz Augusto Maltoni, diretor-executivo da Fundação do Câncer, defende a importância da vacinação nessa faixa etária, “Exatamente na idade pré-início da atividade sexual é quando a gente vai ter oportunidade de fazer com que eles desenvolvam imunidade contra o vírus do HPV e, em especial, os subtipos que mais causam o câncer, que são o 16 e o 18", afirmou à Agência Brasil .

"A vacina é eficaz na proteção. Portanto, a gente vai estar protegendo essas crianças, quando adultas, em especial as meninas, de desenvolverem o câncer de colo de útero”, acrescenta Maltoni.

:: Câncer de útero: o que é, quais são os sintomas e como prevenir ::

O câncer de colo de útero é o terceiro que mais atinge as mulheres no Brasil, depois do do de mama e colorretal.

A transmissão do HPV se dá por meio do contato direto com a mucosa ou pele infectada, principalmente a via sexual, e por meio do parto. Não está comprovada cientificamente, no entanto, a contaminação por meio de objetos, compartilhamento de vaso sanitário, piscina, toalhas e roupas íntimas.

Há os casos de infecção causada por um tipo viral do HPV oncogênico, ou seja, com potencial para gerar câncer. No total, 13 tipos de HPV são considerados oncogênicos, sendo os tipos 16 e 18 mais presentes na causa do câncer de útero, em cerca de 70% dos registros.

Nessas situações, caso o desenvolvimento de lesões conhecidas como precursoras não seja tratado, estas podem progredir para diversos tipo de câncer, como de vagina, vulva, ânus, pênis, orofaringe, boca e útero.

Edição: Douglas Matos

Comentários para "Fundação do Câncer lança campanha de conscientização contra o HPV":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório