×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de maio de 2022

Desenvolvimento emocional e democracia

Desenvolvimento emocional e democraciaFoto: Reprodução Pixabay gratuita

Nas comunidades em que há uma proporção suficientemente elevada de indivíduos maduros, existe um estado de coisas que proporciona a base para o que chamamos democracia

Por Maria José Rocha Lima* - 13/05/2022 - 20:37:22

O pediatra e psicanalista inglês Donald Woods Winnicott(1896-1971) entendia que a saúde psíquica do ser humano dependia em grande medida dos cuidados ao nascer, da maternagem. O bebê humano nasce inacabado, desintegrado, e para a sua integração depende absolutamente de uma “mãe ambiente”, que crie as condições para o bebê começar a ser, a existir, continuar existindo e se constituir como unidade. Alguém que junte os seus pedaços do bebê, dando-lhe contorno ao corpo, e lhe permita continuar sendo, desenvolvendo-se, seguindo a sua linha de vida, sem descontinuidades.

O bebê precisa de uma “mãe suficientemente boa”. Esta “mãe suficientemente boa” – termo por ele cunhado – é aquela mãe que, arrebatada por um estado de Preocupação Materna Primária, atende, adequadamente, às necessidades do bebê, funcionando como “ambiente facilitador” para a sua integração, neste momento de desenvolvimento; o protege, o socorre nas suas agonias. É, sobretudo, a mãe que oferece à criança a possibilidade de criação.

Para Winnicott, a criança tem de ter a possibilidade de experimentar aquilo que a caracteriza como ser humano: a criação. “A criança precisa ter a possibilidade de experimentar a criação do seio; a criação da sua mãe e a criação do mundo (Winnicott, 1975, p.26)”. Como pediatra, ele observava que muitas das crianças que atendia tinham o adoecimento muito mais resultante das turbulências do meio ambiente do que de doenças orgânicas.

A pessoa inicia o seu processo de desenvolvimento emocional no colo da mãe, “na mãe ambiente”, na mãe que depois será “mãe objeto”, que a fará descobrir o dentro e o fora, o interior e o exterior, uma vez que na fase de integração absoluta ele se encontra amalgamado à sua mãe, como se fossem inseparáveis.

A “mãe ambiente suficientemente boa” oferece as condições para o amadurecimento, para a confiança no ambiente, no outro, no mundo, e até para ter fé na vida. Na maturidade, o ambiente é algo para o qual o indivíduo contribui e pelo qual o homem ou mulher individual se sentem responsáveis.

Nas comunidades em que há uma proporção suficientemente elevada de indivíduos maduros, existe um estado de coisas que proporciona a base para o que chamamos democracia. Se a proporção de indivíduos maduros se encontra abaixo de certo número, a democracia não poderá se tornar um fato político, na medida em que os assuntos da comunidade receberão a influência de seus membros menos maduros, aqueles que, por identificação com a comunidade, perdem a sua individualidade, ou aqueles que jamais alcançaram mais do que a atitude do indivíduo dependente da sociedade.

Numa situação de conflito social, uma “pessoa matura”, saudável, vai se colocar de um lado ou do outro, sem que isso signifique a exclusão do outro lado, a satanização, o aniquilamento do outro ou do grupo social. Portanto, para os teóricos winnicottianos, “a democracia começa no colo da mãe”.

MARIA JOSÉ ROCHA LIMA é mestre em educação pela Universidade Federal da Bahia – UFBA e doutora em psicanálise. Foi deputada de 1991 a 1999. É Fundadora da Casa da Educação Anísio Teixeira e idealizadora do Projeto Curta Maria. Psicanalista e diretora da ABEPP. É membro da Soroptimist International SI Brasilia Sudoeste.


Comentários para "Desenvolvimento emocional e democracia":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
PL tem dificuldade para atender Bolsonaro e contratar auditoria privada nas eleições

PL tem dificuldade para atender Bolsonaro e contratar auditoria privada nas eleições

Bolsonaro defendeu a contratação de auditoria privada ao falar em suas redes sociais há duas semanas

Brasil deve mostrar que rejeita

Brasil deve mostrar que rejeita "aventuras autoritárias", diz ministro

País serve como vitrine para comunidade global, afirma Fachin

Supremo Tribunal Federal dá 120 dias para Ministério Público concluir inquérito contra Lindbergh Faria

Supremo Tribunal Federal dá 120 dias para Ministério Público concluir inquérito contra Lindbergh Faria

Ex-senador Lindbergh Farias foi acusado de receber vantagens

TSE criará rede com 100 observadores internacionais nas eleições 2022

TSE criará rede com 100 observadores internacionais nas eleições 2022

Brasil não tolera 'aventuras autoritárias'

STF cria ferramenta para classificar processos em diretrizes da ONU

STF cria ferramenta para classificar processos em diretrizes da ONU

Objetivos e metas fazem parte da Agenda 2030 das Nações Unidas

Aprovada lei que amplia tratamento de cânceres pelo Sistema Único de Saúde

Aprovada lei que amplia tratamento de cânceres pelo Sistema Único de Saúde

A publicação da lei foi feita no Diário Oficial da União (DOU) na quarta-feira (10) e entrará em vigor em 180 dias

A arte e cultura são raios de esperança tecendo o amanhã com o fim do bolsonarismo

A arte e cultura são raios de esperança tecendo o amanhã com o fim do bolsonarismo

O veto a Lei Aldir Blac 2 deve ser medo ou retaliação diante do poder da arte que desenvolve pensamento crítico do povo

Pecuarista que pediu doação para presidente visitou Palácio do Planalto 11 vezes

Pecuarista que pediu doação para presidente visitou Palácio do Planalto 11 vezes

Participaram da audiência pecuaristas que se declararam dispostos a doar dinheiro para a futura campanha do presidente.

Aliados de Lira pressionam por desobediência a decisão do TSE e derrubada do vice-presidente da Câmara

Aliados de Lira pressionam por desobediência a decisão do TSE e derrubada do vice-presidente da Câmara

Se afastar Marcelo Ramos, Lira poderá abrir nova frente de conflito entre Poderes

STF e TSE decidem assinar termo de cooperação para combater ameaça às eleições no Brasil

STF e TSE decidem assinar termo de cooperação para combater ameaça às eleições no Brasil

Órgãos terão reunião nesta semana para formar aliança a fim de combater os riscos em torno do pleito deste ano, visto que uma parcela da população e uma ala do governo põe, cada vez mais em xeque, o sistema eleitoral brasileiro.

'Tem mais coisa pra acontecer na questão da Petrobras', diz Bolsonaro

'Tem mais coisa pra acontecer na questão da Petrobras', diz Bolsonaro

As declarações foram feitas pela manhã, em Brasília, antes da viagem do presidente a São Paulo, mas só divulgadas no período da tarde por um canal bolsonarista no YouTube - e com cortes.