×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 20 de janeiro de 2022

Uma invasão, um condomínio e a diferença entre pobres e ricos

Uma invasão, um condomínio e a diferença entre pobres e ricosFoto: Reprodução arquivo pessoal Maria Franco

O prefeito Cícero Lucena precisa explicar se a retirada da invasão foi somente pela agressão a uma área de proteção ambiental ou por outra ilegalidade, porque o condomínio nobre também fere a área protegida.

Por Miguel Lucena - 28/11/2021 - 15:18:29

A Prefeitura de João Pessoa passou os tratores por cima das casas que abrigavam 800 pessoas na invasão Dubai I, em uma área de Mata Atlântica da capital paraibana, alegando necessidade de proteger a natureza. No entanto, ao lado da ocupação pobre, uma construção de luxo, com o nome pomposo de Condomínio das Américas, está sendo edificada em ritmo acelerado.

O prefeito Cícero Lucena precisa explicar se a retirada da invasão foi somente pela agressão a uma área de proteção ambiental ou por outra ilegalidade, porque o condomínio nobre também fere a área protegida.


Deve explicar, também, se o empresário Mercinho Lucena, filho do prefeito, tem participação no empreendimento de luxo, de acordo com versões que circulam na capital.




Os desabrigados da comunidade Dubai I foram alojados em escolas dos conjuntos Valentina Figueiredo e Mangabeira. Além das famílias no CPDAC, outras foram dividas entre a escola João Gadelha e o ginásio Hermes Taurino.





De acordo com os moradores desabrigados, não foram oferecidos testagem de Covid-19 e alimentação, até a última atualização desta matéria, informa o site G1.


Outro lado: Empresário explica que condomínio foi erguido em área já desmatada

O ex-deputado federal e empresário Domiciano Cabral enviou nota esclarecendo que o Condomínio das Américas, localizado no Altiplano do Cabo Branco, em João Pessoa, Paraíba, foi liberado para construção no Governo do então prefeito Luciano Cartaxo e já era uma área desmatada quando o seu projeto foi feito e entregue à Prefeitura para liberação.

Também disse que o filho do prefeito Cícero Lucena, apontado como sócio do empreendimento em matéria divulgada neste domingo, não tem qualquer participação no Condomínio.



Comentários para "Uma invasão, um condomínio e a diferença entre pobres e ricos":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Ações para proteger o Fundeb e o piso salarial do Magistério

Ações para proteger o Fundeb e o piso salarial do Magistério

Este é um assunto que deveria mobilizar o Ministério Público em todo o país

Brasil precisará de um exército de profissionais agroflorestais para liderar a transição regenerativa no mundo

Brasil precisará de um exército de profissionais agroflorestais para liderar a transição regenerativa no mundo

Hoje a agricultura é considerada ainda uma vilã do clima e não resolve o problema da fome no mundo

Fazenda é invadida pela segunda vez em Sobradinho em menos de 1 ano

Fazenda é invadida pela segunda vez em Sobradinho em menos de 1 ano

A invasão, com dezenas de pessoas, começou às 22h de sábado

Os diários  de FHC segundo Rodrigo Pesaro

Os diários de FHC segundo Rodrigo Pesaro

Outro Lado

Golpe financeiro alimentado por uma ilusão

Golpe financeiro alimentado por uma ilusão

Ganho fácil

Zagueiro recebe prêmio por alfabetizar massagista do Ceará FC

Zagueiro recebe prêmio por alfabetizar massagista do Ceará FC

Premiado

Alma de Joca Pavarotti prepara uma surpresa para o carnaval

Alma de Joca Pavarotti prepara uma surpresa para o carnaval

Outro Lado com Miguezim de Princesa

Ao mestre com carinho

Ao mestre com carinho

Outro Lado - Maria José Rocha Lima

Eles querem o nosso bem ou os nossos bens?”

Eles querem o nosso bem ou os nossos bens?”

Outro Lado com Maria José Rocha Lima

É muito nevoeiro para uma manhã só

É muito nevoeiro para uma manhã só

Outro Lado com Miguel Lucena

Americana ganhou  835 mil dólares vendendo bufa engarrafada

Americana ganhou 835 mil dólares vendendo bufa engarrafada

Outro Lado com Miguel Lucena