×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de janeiro de 2022

Operação Genebra: MPDFT consegue a condenação de mais seis réus

Operação Genebra: MPDFT consegue a condenação de mais seis réusFoto: Assessoria Especial de Imprensa do Mpdft

Servidores públicos agiram ilegalmente para obter benefício econômico na contratação da Cruz Vermelha de Petrópolis

Secretaria De Comunicação Do Mpdft - 24/11/2021 - 16:30:40

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) obteve a condenação de seis servidores públicos que atuaram ilegalmente, entre os meses de agosto de 2009 e agosto de 2010, para favorecer a filial da Cruz Vermelha de Petrópolis. A irregularidade ocorreu em procedimento licitatório realizado pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES), que escolheu a instituição fluminense para administrar as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de São Sebastião e do Recanto das Emas.

Joaquim Carlos da Silva Barros Neto, Déa Mara Tarbes de Carvalho, Alba Mirindiba Bonfim Palmeira, Armando Assumpção Laurindo da Silva, Fernando Cláudio Antunes Araújo e Tatty Anna Kroker foram condenados pelos crimes de fraude em licitação e peculato. Tatty Anna também foi condenada por lavagem de dinheiro. A sentença determinou ainda o confisco de bens pertencentes aos réus.

Foram absolvidas as ex-conselheiras Fátima Celeste Araújo Borges Lima, Maria Luzimar Nóbrega de Oliveira Lopes, Asenath Teixeira de Menezes Farinasso e Flora Rios Mendes. José Carlos Quináglia e Silva teve extinta a sua punibilidade.

Em janeiro de 2020, Luiz Alberto Lemos Sampaio, ex-presidente da Cruz Vermelha do Rio de Janeiro, e Richard Strauss Cordeiro Júnior, ex-gestor da instituição em Petrópolis, foram condenados por peculato, que é a subtração ou desvio de dinheiro ou bem público para proveito próprio ou alheio por funcionário público. Eles deverão ressarcir R$ 3.431.098,00 aos cofres públicos.

Entenda o caso

As investigações foram realizadas pela Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde (Prosus), com apoio operacional da Coordenadoria de Segurança e Inteligência do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP/RJ) e da Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Administração Pública (Decap/PCDF), no âmbito da Operação Genebra.

De acordo com as investigações, os condenados praticaram atos que visavam favorecer a filial de Petrópolis da Cruz Vermelha em dispensa de licitação para gestão das UPAs. Mais de R$ 3,4 milhões foram repassados à entidade sem que houvesse a efetiva prestação de serviço.

Processo: 0011846-49.2017.8.07.0001

Leia Mais

Operação Genebra: Justiça condena ex-funcionários da Cruz Vermelh a

Operação Genebra: terceira fase cumpre quatro mandados de busca e apreensão

Operação Genebra: contratos da Secretaria de Saúde são alvo de investigação


Comentários para "Operação Genebra: MPDFT consegue a condenação de mais seis réus":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Audiência discutirá novas regras para o parcelamento do solo do DF

Audiência discutirá novas regras para o parcelamento do solo do DF

População poderá participar do encontro, a ser realizado em 16 de fevereiro nos formatos presencial e virtual

Procura por vacina infantil contra a Covid-19 no DF é grande no primeiro dia

Procura por vacina infantil contra a Covid-19 no DF é grande no primeiro dia

Imunizante foi disponibilizado em 11 postos de saúde

Domingo de vacinação infantil contra a Covid-19

Domingo de vacinação infantil contra a Covid-19

Paco agradeceu aos profissionais da saúde que, de acordo com ele, estão empenhados, desde o início da pandemia, em atender a população.

Sete dúvidas sobre a vacinação infantil que você precisa tirar agora

Sete dúvidas sobre a vacinação infantil que você precisa tirar agora

Vacina contra covid já começa a ser aplicada em crianças de 5 a 11 anos em diversos estados brasileiros

DF começa hoje vacinação de crianças contra a Covid-19

DF começa hoje vacinação de crianças contra a Covid-19

Ao todo, 11 pontos de imunização funcionam das 8h às 17h

UBSs estão prontas para iniciar a vacinação infantil contra a covid

UBSs estão prontas para iniciar a vacinação infantil contra a covid

Neste domingo (16), serão vacinadas crianças de 5 a 11 anos com comorbidades ou deficiência permanente, e de 11 anos sem comorbidades

Excesso de velocidade lidera ranking das infrações de trânsito no DF

Excesso de velocidade lidera ranking das infrações de trânsito no DF

Como forma de reduzir esses índices, o Detran lança desafio Multa Zero para incentivar o não cometimento de infrações e assim evitar acidentes

Mais de 205 mil pessoas ainda não iniciaram a vacinação contra a Covid-19 no DF

Mais de 205 mil pessoas ainda não iniciaram a vacinação contra a Covid-19 no DF

Índice de imunização completa no DF é de mais de 85% da população com 12 anos ou mais

Confira os detalhes no DF para a vacinação de crianças contra a Covid-19

Confira os detalhes no DF para a vacinação de crianças contra a Covid-19

Imunização começa neste domingo (16) em 11 pontos de vacinação exclusivos para esse público

Defensoria exige atendimento humanizado do IML após extinção de ala reservada às vítimas de violência noDF

Defensoria exige atendimento humanizado do IML após extinção de ala reservada às vítimas de violência noDF

A DPDF destacou que na quarta-feira (5/1) foi demolido o espaço reservado ao atendimento médico pericial especializado. -

Saiba como funcionará a vacinação de crianças

Saiba como funcionará a vacinação de crianças

Intervalo entre as duas doses deve ser de oito semanas