×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de outubro de 2021

Na mira da CPI, militar da CGU aposta na radicalização, apoia invasão da Esplanada e ataca Aziz

Na mira da CPI, militar da CGU aposta na radicalização, apoia invasão da Esplanada e ataca AzizFoto: Marcos Corrêa/PR

Rosário, que ocupa cargo desde a gestão Temer, adere ao bolsonarismo radical e será investigado na CPI por prevaricação

Por Paulo Motoryn - Brasil De Fato - 16/09/2021 - 12:00:53

O chefe da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, abandonou o rótulo de ministro “técnico” sobre o qual se apoiou para garantir o cargo que mantém desde a gestão do ex-presidente Michel Temer (MDB).

Militar do Exército Brasileiro, ele é formado na Academia Militar das Agulhas Negras, onde o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) também estudou. Rosário chegou a ocupar posto de Capitão antes de sair da Força, após passar em concurso para auditor federal, em 2008.

O ministro assumiu interinamente o cargo de ministro na gestão Temer, em maio de 2017, depois da demissão de Torquato Jardim. Primeiro auditor a ter o cargo mais alto da pasta, Rosário mostra cada vez mais sua adesão incondicional ao bolsonarismo radical.

Na noite de 6 de setembro, um dia antes das manifestações do Dia da Independência, elogiou manifestantes que invadiram a Esplanada dos Ministérios. Na ocasião, publicou uma mensagem nas redes sociais na noite com vídeo que mostra um grupo no local, no trecho mais próximo à rodoviária. É possível ouvir a voz de um homem dizendo "liberou a barreira".

"Lindo ver Brasília ser tomada por pessoas de bem. Pessoas ordeiras, que só querem viver num país mais justo, mais livre e mais democrático. Tá bonito de ver!!! Viva o 07 de setembro!!!", escreveu o ministro.

Nessa quarta-feira (15), resolveu atacar o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), após ter sido acusado de cometer crime de prevaricação. No Twitter , Rosário escreveu mensagem acalorada.

O ministro da CGU rebateu o pedido de Aziz para incluí-lo no relatório da comissão pelo crime de prevaricação. “Calúnia é crime”, escreveu Rosário nas redes sociais.

A solicitação de Aziz ocorreu após o lobista da Precisa Medicamentos Marconny Faria dizer que a CGU realizou operação de busca e operação na casa dele em outubro de 2020. Aziz afirmou também que vai marcar o depoimento do ministro.

:: CPI deve ouvir lobista da Precisa sobre compra da vacina Covaxin ::

“Wagner Rosário é um prevaricador. Ele tem que vir mesmo aqui. Como ele sabia que Roberto Dias [ex-diretor de Logística da pasta federal] estava operando dentro do Ministério da Saúde e não tomou providência? Ele tem que explicar”, afirmou Aziz.

“Não são as operações que ele fez, não, mas a omissão dele em relação ao governo federal. A CGU esteve na casa de Marconny, levaram o fato material e não tomaram providência”, completou o senador.

Edição: Vivian Virissimo

Comentários para "Na mira da CPI, militar da CGU aposta na radicalização, apoia invasão da Esplanada e ataca Aziz":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Em greve, caminhoneiros dizem que movimento será 'principalmente' em Santos, São Paulo

Em greve, caminhoneiros dizem que movimento será 'principalmente' em Santos, São Paulo

No fim de julho, transportadores da região interromperam as atividades durante um dia, sem impactos à operação do Porto de Santos.

A contragosto, governo vê Câmara aprovar verba de R$ 234 mi para combater covid entre indígenas

A contragosto, governo vê Câmara aprovar verba de R$ 234 mi para combater covid entre indígenas

Indígenas são mais suscetíveis a doenças infectocontagiosas, por isso a pandemia ampliou as ameaças que circundam o segmento

Mais de 200 entidades lançam documento rejeitando MP que extingue Bolsa Família e PAA

Mais de 200 entidades lançam documento rejeitando MP que extingue Bolsa Família e PAA

A MP significa o fim do PAA, instrumento que permite que o poder público adquira a produção de alimentos da agricultura familiar camponesa e doe para instituições que atendem população em situação de vulnerabilidade

Governo não renovará operação das Forças Armadas na Amazônia, diz Mourão

Governo não renovará operação das Forças Armadas na Amazônia, diz Mourão

Mesmo com o fim da operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), militares continuarão a dar apoio logístico, disse o vice-presidente.

PF desarticula contrabando de ouro de terras indígenas venezuelanas

PF desarticula contrabando de ouro de terras indígenas venezuelanas

Operação La Cadena cumpre 40 mandados de prisão, busca e apreensão

Covid pode ter afetado 'cérebro' de Ciro Gomes, diz Lula após pedetista atacar Dilma Rousseff

Covid pode ter afetado 'cérebro' de Ciro Gomes, diz Lula após pedetista atacar Dilma Rousseff

'Vou decidir no ano que vem', diz Lula sobre ser candidato

"O mundo perdeu a admiração pelo Brasil", diz Gilberto Gil

Um dos maiores artistas da MPB e ex-ministro da Cultura lamentou o retrocesso nacional

Após leilão fracassado, oferta permanente de petróleo é

Após leilão fracassado, oferta permanente de petróleo é "ameaça eterna" em Fernando de Noronha

O arquipélago de Fernando de Noronha é considerado Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO desde 2001

Xuxa chama Bolsonaro de 'genocida' e pede que apoiadores deixem de segui-la no Instagram

Xuxa chama Bolsonaro de 'genocida' e pede que apoiadores deixem de segui-la no Instagram

“E você que é a favor da vida, assine o impeachment agora”, completou a apresentadora, ao compartilhar vídeo em que Bolsonaro reclamava por não ter conseguido ver o jogo do Santos por não estar vacinado

Ciro fala em conspiração de Lula por impeachment de Dilma, que o acusa de mentir

Ciro fala em conspiração de Lula por impeachment de Dilma, que o acusa de mentir

Em entrevista ao podcast Estadão Notícias, Ciro lembrou que nomes com os quais Lula ensaia uma reaproximação política hoje, como os emedebistas Renan Calheiros e Eunício Oliveira, patrocinaram a deposição de Dilma, tratada pelo PT como golpe.

Fascismo está na raiz do bolsonarismo, diz coordenador do Observatório da Extrema Direita

Fascismo está na raiz do bolsonarismo, diz coordenador do Observatório da Extrema Direita

Bolsonaro usou uma série de símbolos ligados ao integralismo em seu governo, como o slogan "Deus, Pátria e Família"