×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 03 de julho de 2022

MPF recomenda que planos cubram tratamento de pessoas diagnosticadas com TEA

MPF recomenda que planos cubram tratamento de pessoas diagnosticadas com TEAFoto: Antonio Augusto/Secom/MPF

A ANS tem 10 dias para comunicar as empresas sobre a recomendação do Ministério Público Federal.

Estadão Conteúdo - 22/06/2022 - 11:00:47

O Ministério Público Federal (MPF) enviou, na segunda-feira, 20, à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) recomendação para que os planos de saúde privados ofereçam o tratamento integral para pessoas diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).


Os segurados devem ter, segundo o MPF, a cobertura das terapias aplicadas no ABA (sigla para o termo em inglês Applied Behavior Analysis, ou Análise do Comportamento Aplicada), um método utilizado pelos profissionais da saúde para promover maior independência ao pacientes com autismo e outros transtornos globais do desenvolvimento, por meio de um atendimento multidisciplinar.

O documento afirma ainda que as operadoras de saúde devem arcar com número ilimitado de sessões com psicólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos ou fisioterapeutas, quando o tratamento for solicitado por indicação médica.

A ANS tem 10 dias para comunicar as empresas sobre a recomendação do Ministério Público Federal.


Em 8 de junho, a Segunda Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) definiu pela fixação do rol taxativo, uma medida que, na prática, desobriga os planos de saúde de cobrirem e arcarem com os tratamentos e serviços médicos que não constam na lista determinada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar.

De acordo com o setor de planos de saúde, cerca de 49 milhões de brasileiros são assegurados por algum plano de assistência médica.


Familiares de pessoas com autismo temem que o público fique sem os tratamentos. Um dos mais críticos à medida foi o apresentador Marcos Mion, pai de adolescente diagnosticado com (TEA).

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo no último dia 13, o diretor-presidente da ANS, Paulo Rebello, foi questionado sobre o assunto, e afirmou que nenhum paciente autista está deixando de ser atendido.


"Não estamos deixando de atender nenhum paciente autista, ninguém pode dizer isso. Tem uma técnica de atendimento que não está sendo paga pelo rol? Ok, mas ela chegou a ser submetida à ANS? Outras vezes são situações muito específicas. Por exemplo, equinoterapia. Obviamente não dá para colocar tudo, há escolhas. Temos de analisar evidências científicas, custo-efetividade", declarou Rebello.


O MPF ressalta ainda que a não limitação do número de sessões com profissionais da saúde especialistas no tratamento do autismo já foi regulamentada pela própria Agência Nacional no ano passado. E lembra que diversas ações ajuizadas pelo ministério em diferentes estados do Brasil, contra o estabelecimento de um limite de sessões de atendimentos, tiveram decisões favoráveis.


fonte: Estadão Conteudo

Comentários para "MPF recomenda que planos cubram tratamento de pessoas diagnosticadas com TEA":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Tive que sair do meu país para reivindicar um direito, diz esposa de camponês assassinado no PR

Tive que sair do meu país para reivindicar um direito, diz esposa de camponês assassinado no PR

Antônio Tavares foi morto em ação da PM, em 2000; caso está sendo julgado pela Corte Interamericana de Direitos Humanos

Lula se reúne com presidente de Portugal; Bolsonaro cancelou agenda com europeu

Lula se reúne com presidente de Portugal; Bolsonaro cancelou agenda com europeu

"Não é haver um almoço ou não que altera o quanto os mais de 200 mil brasileiros gostam de Portugal e estão cá." diz Marcelo Rebelo

Exército admite que precariedade em sistema não permite saber dados sobre armas em posse dos CACs

Exército admite que precariedade em sistema não permite saber dados sobre armas em posse dos CACs

Além disso, mostra que o Exército desrespeitou a decisão Tribunal de Contas da União (TCU), que ordenou a modernização dos bancos de dados em 2017.

Presidente de Portugal se pronuncia após Bolsonaro cancelar almoço: 'Ninguém morre'

Presidente de Portugal se pronuncia após Bolsonaro cancelar almoço: 'Ninguém morre'

O presidente Jair Bolsonaro (PL) decidiu que não se encontrará com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa.

Brasileiros são bem-vindos em Portugal, diz presidente português

Brasileiros são bem-vindos em Portugal, diz presidente português

Novo visto permite aos brasileiros procurarem emprego em Portugal

Tombamento já poderia ter ocorrido em 2021 e Serra do Curral já estaria protegida da mineração

Tombamento já poderia ter ocorrido em 2021 e Serra do Curral já estaria protegida da mineração

Na Assembleia Legislativa, deputada denunciou, na quinta (30), que a Gute Sicht retira 40 caminhões de terra por dia

Para petroleiro, se a Regap for vendida, gasolina e gás podem ficar ainda mais caros em Minas

Para petroleiro, se a Regap for vendida, gasolina e gás podem ficar ainda mais caros em Minas

Refinaria da Petrobrás, em Betim, pode ser privatizada pelo governo Bolsonaro e população mineira pagará a conta

Lira cria 'sala vip' na Câmara para liberar verbas do orçamento secreto

Lira cria 'sala vip' na Câmara para liberar verbas do orçamento secreto

A "salinha do orçamento secreto" ocupa o número 135 da Ala B do Anexo II, também conhecido como "corredor das comissões"

“Estado brasileiro foi sequestrado e Funai virou instrumento de ataque aos povos indígenas”, diz Erika Kokay

“Estado brasileiro foi sequestrado e Funai virou instrumento de ataque aos povos indígenas”, diz Erika Kokay

Segundo a parlamentar, o governo Bolsonaro tem ""compromisso com as boiadas" .e "está corroendo o estado". "A Funai hoje é uma instituição anti-indigenista.”, frisou

Caso Pedro Guimarães pode apressar a adoção de novas regras nos bancos

Caso Pedro Guimarães pode apressar a adoção de novas regras nos bancos

As mudanças em estudo incluem a exigência de que toda denúncia de assédio sexual seja protocolada com o superior hierárquico do assediador

Embora tímida, reaproximação do Brasil com a Venezuela é 'muito positiva', aponta cientista político

Embora tímida, reaproximação do Brasil com a Venezuela é 'muito positiva', aponta cientista político

Um interesse claro reside na suavização do discurso norte-americano em relação à Venezuela: o petróleo.