×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 03 de julho de 2022

MPF pede à Justiça que Caixa pague R$ 5 bi para cobrir rombos da Funcef

MPF pede à Justiça que Caixa pague R$ 5 bi para cobrir rombos da FuncefFoto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Segundo o MPF, os recursos devem ser usados para abater as contribuições extraordinárias que vêm sendo cobradas pelo fundo de pensão dos participantes.

Estadão Conteúdo - 22/06/2022 - 16:02:51

O Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça, por meio de uma ação civil pública de tutela antecipada, que a Caixa pague R$ 5 bilhões à Funcef (Fundação dos Economiários Federais) para cobrir prejuízos gerados após direcionamento de diretorias do banco público.


Segundo o MPF, os recursos devem ser usados para abater as contribuições extraordinárias que vêm sendo cobradas pelo fundo de pensão dos participantes.


O pedido dos procuradores, que faz parte dos desdobramentos da Operação Greenfield, considera que os valores requeridos são ligados a crimes já denunciados na esfera penal, mas que ainda não tiveram as perdas reparadas.


O MPF argumenta na ação que a Caixa, entre 2008 e 2016, era um banco politizado e indicava diretores para a Funcef que também atendiam interesses políticos naquele tempo.


"O resultado é o grave problema econômico-financeiro do fundo suportado pelos participantes, em sua maioria, aposentados e beneficiários mais antigos", afirmaram os procuradores.


O MPF também pediu o compartilhamento das provas e propõe audiência de conciliação.


fonte: Estadão Conteudo


Comentários para "MPF pede à Justiça que Caixa pague R$ 5 bi para cobrir rombos da Funcef":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Tive que sair do meu país para reivindicar um direito, diz esposa de camponês assassinado no PR

Tive que sair do meu país para reivindicar um direito, diz esposa de camponês assassinado no PR

Antônio Tavares foi morto em ação da PM, em 2000; caso está sendo julgado pela Corte Interamericana de Direitos Humanos

Lula se reúne com presidente de Portugal; Bolsonaro cancelou agenda com europeu

Lula se reúne com presidente de Portugal; Bolsonaro cancelou agenda com europeu

"Não é haver um almoço ou não que altera o quanto os mais de 200 mil brasileiros gostam de Portugal e estão cá." diz Marcelo Rebelo

Exército admite que precariedade em sistema não permite saber dados sobre armas em posse dos CACs

Exército admite que precariedade em sistema não permite saber dados sobre armas em posse dos CACs

Além disso, mostra que o Exército desrespeitou a decisão Tribunal de Contas da União (TCU), que ordenou a modernização dos bancos de dados em 2017.

Presidente de Portugal se pronuncia após Bolsonaro cancelar almoço: 'Ninguém morre'

Presidente de Portugal se pronuncia após Bolsonaro cancelar almoço: 'Ninguém morre'

O presidente Jair Bolsonaro (PL) decidiu que não se encontrará com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa.

Brasileiros são bem-vindos em Portugal, diz presidente português

Brasileiros são bem-vindos em Portugal, diz presidente português

Novo visto permite aos brasileiros procurarem emprego em Portugal

Tombamento já poderia ter ocorrido em 2021 e Serra do Curral já estaria protegida da mineração

Tombamento já poderia ter ocorrido em 2021 e Serra do Curral já estaria protegida da mineração

Na Assembleia Legislativa, deputada denunciou, na quinta (30), que a Gute Sicht retira 40 caminhões de terra por dia

Para petroleiro, se a Regap for vendida, gasolina e gás podem ficar ainda mais caros em Minas

Para petroleiro, se a Regap for vendida, gasolina e gás podem ficar ainda mais caros em Minas

Refinaria da Petrobrás, em Betim, pode ser privatizada pelo governo Bolsonaro e população mineira pagará a conta

Lira cria 'sala vip' na Câmara para liberar verbas do orçamento secreto

Lira cria 'sala vip' na Câmara para liberar verbas do orçamento secreto

A "salinha do orçamento secreto" ocupa o número 135 da Ala B do Anexo II, também conhecido como "corredor das comissões"

“Estado brasileiro foi sequestrado e Funai virou instrumento de ataque aos povos indígenas”, diz Erika Kokay

“Estado brasileiro foi sequestrado e Funai virou instrumento de ataque aos povos indígenas”, diz Erika Kokay

Segundo a parlamentar, o governo Bolsonaro tem ""compromisso com as boiadas" .e "está corroendo o estado". "A Funai hoje é uma instituição anti-indigenista.”, frisou

Caso Pedro Guimarães pode apressar a adoção de novas regras nos bancos

Caso Pedro Guimarães pode apressar a adoção de novas regras nos bancos

As mudanças em estudo incluem a exigência de que toda denúncia de assédio sexual seja protocolada com o superior hierárquico do assediador

Embora tímida, reaproximação do Brasil com a Venezuela é 'muito positiva', aponta cientista político

Embora tímida, reaproximação do Brasil com a Venezuela é 'muito positiva', aponta cientista político

Um interesse claro reside na suavização do discurso norte-americano em relação à Venezuela: o petróleo.