×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 05 de julho de 2022

Bolsonaro quer intervir na Petrobras para entregá-la aos amigos assim como PT fez

Bolsonaro quer intervir na Petrobras para entregá-la aos amigos assim como PT fezFoto: Reprodução Portal Brasil 247 - Maria

Bolsonaro quer intervir na Petrobras para entregá-la aos amigos assim como PT fez, diz Elena Landau

Agência Onu News De Noticias - 26/05/2022 - 08:57:15

Para especialista, o governo poderia mitigar o problema da alta dos combustíveis criando subsídios para quem realmente precisa. Entretanto, não há interesse nesta medida porque na verdade o que o presidente quer é intervir na empresa e a entregá-la ao centrão.

Segundo Elena Landau, economista e ex-diretora de Privatizações do BNDES, as trocas constantes do presidente, Jair Bolsonaro (PL), na Petrobras não têm como intuito resolver o grave problema da inflação do país, mas sim gerar estratégias para criar um choque de preços mirando o ano eleitoral.

Em entrevista ao jornal O Globo nesta quarta-feira (25), a economista ainda afirma que se o presidente quisesse mesmo resolver o problema dos preços dos combustíveis para quem precisa, ele já teria o feito através de subsídios, e que a real intenção é entegrar a estatal para o centrão.

"Bolsonaro não tem interesse nenhum em resolver o problema dos preços dos combustíveis para quem precisa. Se ele tivesse, já teria feito. Vários países já fizeram subsídio para pessoas que dependem disso para trabalhar no dia a dia. O que ele quer é intervir na empresa e retomá-la para entregá-la ao centrão", afirmou Landau citada pela mídia.

Prova disso, seria o fato de que o presidente da Câmara dos Depuatados, Arthur Lira (PP), já está com " Lei das Estatais na gaveta ", e a estratégia do mandatário "se parece com a aplicada pela ex-presidente, Dilma Rousseff ".

"Bolsonaro já ameaçou mudar o Estatuto da Petrobras. Arthur Lira já está com a mudança da Lei das Estatais na gaveta. Tudo isso é para fazer exatamente o que a Dilma fazia na Petrobras, é o mesmo tipo de pensamento."

Questionada sobre o que poderia ser feito para diminuir a alta dos preços dos combustíveis, Landau afirma que o governo poderia "ter usado os lucros da Petrobras para fazer uma política pública de qualidade" e que em vez de "brigar" com estados por conta do ICMS, "poderia ter feito um acordo para usar arrecadação para subsidiar transporte público".

"Toda vez que Bolsonaro abre a boca com ideias estapafúrdias, piora a situação. O valor da Petrobras cai, os lucros e a distribuição de dividendos diminuem [...] O que ajuda a manter a inflação em alta é a instabilidade causada por Bolsonaro quando abre a boca", declarou.

Em sua visão, o atual governo replica a política do PT de "tomar conta da empresa".

"A Petrobras já transaciona na bolsa muito abaixo do seu valor potencial. O que Bolsonaro quer é tomar conta da empresa exatamente como foi feito em governos do PT. Vai entregar a diretoria aos amigos. A medida aqui é intervir com fins eleitoreiros ", conclui.

Comentários para "Bolsonaro quer intervir na Petrobras para entregá-la aos amigos assim como PT fez":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Justiça do Rio envia ao STJ análise de delação envolvendo governador

Justiça do Rio envia ao STJ análise de delação envolvendo governador

Petições de Claudio Castro e ex-delegado pedem anulação do acordo

Lula critica orçamento secreto, mas oposição já discute divisão de verbas em 2023

Lula critica orçamento secreto, mas oposição já discute divisão de verbas em 2023

Apoiadores da chapa Lula-Alckmin querem preservar a distribuição de recursos sob controle do Legislativo mas com maior divisão entre as bancadas.

Mil prefeitos se mobilizam no Congresso contra PEC

Mil prefeitos se mobilizam no Congresso contra PEC

As pautas de redução de arrecadação têm impacto estimado pela CNM de R$ 51,6 bilhões por ano, sendo R$ 31,2 bilhões de medidas já aprovadas.

Rede 5G será tão revolucionária quanto lançamento da Internet e dos smartphones, diz especialista

Rede 5G será tão revolucionária quanto lançamento da Internet e dos smartphones, diz especialista

Neste último final de semana, usuários com smartphones compatíveis com a nova rede em Brasília já estavam detectando o sinal

Bancários realizam atos em todo o país contra assédio sexual na Caixa

Bancários realizam atos em todo o país contra assédio sexual na Caixa

Manifestações cobram apuração das denúncias de bancárias da Caixa e proteção para as vítimas

'Bolsonaro é um show de horror; Lula propõe soluções antigas'

'Bolsonaro é um show de horror; Lula propõe soluções antigas'

Com outros empresários, ele ajuda a preparar propostas para o plano de governo de Simone Tebet

Pacheco deve autorizar CPI do MEC; oposição espera começar investigação em agosto

Pacheco deve autorizar CPI do MEC; oposição espera começar investigação em agosto

A CPI deve ser instalada para investigar o esquema de distribuição de verbas e controle da agenda do Ministério da Educação

Lula sela acordo com França, que tenta atrair Kassab para o palanque de Haddad

Lula sela acordo com França, que tenta atrair Kassab para o palanque de Haddad

Com o PSD em seu palanque, Haddad ampliaria em 40 segundos seu tempo de TV no horário eleitoral.

Denúncias de assédio sexual na Caixa serão apuradas com rigor, diz nova presidente

Denúncias de assédio sexual na Caixa serão apuradas com rigor, diz nova presidente

Ao assumir a Caixa, Daniella será a única mulher a presidir, na atualidade, um dos cinco maiores bancos brasileiros.

MPF e DPU responsabilizam governo por mortes de Bruno e Dom e pedem R$ 50 mi de indenização

MPF e DPU responsabilizam governo por mortes de Bruno e Dom e pedem R$ 50 mi de indenização

Órgãos pedem ações para garantir segurança de indígenas e servidores e apontam

Presidente de Portugal discute cenário no exterior com Temer sem citar Bolsonaro

Presidente de Portugal discute cenário no exterior com Temer sem citar Bolsonaro

O nome do presidente Jair Bolsonaro (PL), que desmarcou de última hora a agenda que teria com o português, não foi citado em nenhum momento.