ContextoExato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 20 de fevereiro de 2018

Síndrome Cornélia de Lange x Autismo: Saiba as diferenças

Síndrome Cornélia de Lange x Autismo: Saiba as diferenças

As duas podem ser facilmente confundidas. Diagnóstico tem que ser feito com muita precisão

Por Ivana Sant’Anna – Foto: Reprodução - 05/02/2018 - 12:27:27

Problemas de visão, dificuldade de alimentação, de fala, baixo peso e viver ‘em seu mundinho particular’. Parecem sintomas do Transtorno do Espectro Autista, mas é a Síndrome Cornélia de Lange - distúrbio genético presente desde o nascimento, mas que nem sempre é diagnosticada com precisão, segundo a Associação Brasileira da síndrome. A doença não é tão rara, acomete um em cada 10 mil bebês nascidos.

O diagnóstico tem que ser feito com bastante precisão e complementados com exames físicos ,de laboratório e genéticos.

Caso os pais observem alguns destes sintomas abaixo, podem procurar o pediatra do bebê ou um especialista em genética:

- Sobrancelhas arqueadas e unidas;

- Cílios longos;

- Nariz pequeno;

- Área longa e proeminente entre lábio superior e nariz;

- Lábios finos, cantos virados para baixo;

- Dentes amplamente espaçados ou ausência de dentes;

- Peso e altura abaixo do percentual da idade;

- Atrasos de desenvolvimento das habilidades motoras;

- Déficit de aprendizado e de atenção;

- Ansiedade;

- Características semelhantes ao autismo, como autoflagelo e repetição compulsiva.

É importante lembrar que o desenvolvimento cognitivo fica bastante afetado e dependendo do grau da doença, a estimulação infantil pode ser um ótimo tratamento terapêutico para os pequenos.

Comentários para "Síndrome Cornélia de Lange x Autismo: Saiba as diferenças":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório