×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 05 de julho de 2022

TSE e conselhos estaduais de direitos humanos assinam acordo contra a desinformação

TSE e conselhos estaduais de direitos humanos assinam acordo contra a desinformaçãoFoto: Tribunal Superior Eleitoral

Adesão de oito colegiados marcou a abertura de evento nacional realizado nesta quarta (25)

Tribunal Superior Eleitoral - 26/05/2022 - 07:02:38

O Programa Permanente de Enfrentamento à Desinformação no Âmbito da Justiça Eleitoral, promovido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ganhou o reforço de oito Conselhos Estaduais de Direitos Humanos (CEDH). Um termo de cooperação para combater as notícias falsas nas Eleições 2022 foi assinado na tarde desta quarta-feira (25), marcando a abertura do 6º Encontro Nacional da Rede de Conselhos de Direitos Humanos.

O documento estabelece ações, medidas e projetos conjuntos para o enfrentamento da desinformação no processo eleitoral e para o fortalecimento da confiança nas instituições eleitorais. O acordo foi assinado pela secretária-geral do TSE, Christine Peter, representando o presidente da Corte Eleitoral, ministro Edson Fachin.

TSE Assinatura de acordo CNDH - 25.05.2022

Entre as ações previstas, estão atividades voltadas à conscientização da ilegalidade e do caráter antidemocrático das práticas de desinformação; a difusão de conteúdos oficiais com informações adequadas sobre o processo eleitoral de 2022; e a defesa da integridade do processo eleitoral e da confiabilidade do sistema eletrônico de votação. Também prevê a realização de cursos para preparar multiplicadores, em várias localidades do Brasil, em prol do combate às fake news nas eleições.

Segundo a secretária-geral do TSE, a disseminação de desinformação é uma ameaça real à nossa democracia e precisa ser enfrentada com rigor. “As instituições parceiras são muito importantes para nos ajudar com essa imensa tarefa que é preservar a vontade soberana do povo das mentiras, das inverdades e das falsas informações”, disse.

Christine Peter reconheceu a dificuldade de enfrentar as notícias falsas na era tecnológica, pois elas dependem apenas de segundos para acontecer e de muita energia, recursos e vontade para serem desmentidas. “Mas vamos continuar nessa luta, porque a nossa democracia é mais importante, é mais vigorosa e é mais querida pela população brasileira”, garantiu.

Ela também enfatizou que a assinatura do termo de cooperação é mais que simbólica: é um passo para ações concretas de enfrentamento da desinformação. “Não há um caminho mágico para desfazer todo o engodo mundial de fake news e ataques ao processo eleitoral; daí a importância de disseminar a boa informação. E isso só é possível com uma caravana de pessoas, de instituições, de mentes e de corações envolvidos com a tarefa de inundar o pais com informação de qualidade”, observou.

Falando em nome da Rede, a conselheira Virginia Dirami Berriel ressaltou que a assinatura do termo é um importante passo no combate à desinformação, à violência política e às mensagens de ódio que comprometem o estado democrático de direito. “Esse termo de cooperação vai mobilizar várias entidades da sociedade civil a participarem e debaterem o combate às mazelas que comprometem o fortalecimento da democracia”, afirmou.

O termo de cooperação foi assinado pelos presidentes dos seguintes Conselhos Estaduais dos Direitos Humanos: Inácio José Werner (Mato Grosso), Mauricio Vieira Gomes da Silva (Minas Gerais); Olimpio de Moraes Roch (Paraíba), Marcel Jeronymo Lima Oliveira (Paraná), Júlio Picon Alt (Rio Grande do Sul), Mateus Carckeano do Carmo (Rondônia), Fabrício Bogas Gastaldi (Santa Catarina) e Dimitri Nascimento Sales (São Paulo).

O TSE ainda aguarda a adesão de outros conselhos estaduais, que será definida após deliberação plenária dos respectivos colegiados.

Comentários para "TSE e conselhos estaduais de direitos humanos assinam acordo contra a desinformação":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Escritório de inovação na Califórnia desenvolve assistente virtual bancária

Escritório de inovação na Califórnia desenvolve assistente virtual bancária

Esta é a primeira ação do projeto do BRB no Vale do Silício, inaugurado há duas semanas

Estão abertos no DF 11 novos processos seletivos para área de saúde

Estão abertos no DF 11 novos processos seletivos para área de saúde

Vagas são destinadas a médicos, analistas, psicólogos e mensageiros nas unidades administradas pelo IgesDF. Inscrições vão até sexta (8)

Encontro Nacional de Capoeira incentiva a produção cultural feminina

Encontro Nacional de Capoeira incentiva a produção cultural feminina

Capoeiristas de várias regiões do país participam do evento que acontece em Brasília entre os dias 8 a 10 de julho

Contra cortes na educação federal, greve no IFB entra na segunda semana

Contra cortes na educação federal, greve no IFB entra na segunda semana

Mobilização ocorre em todas as 10 unidades do instituto no Distrito Federal

Repositor de mercadorias tem 60 vagas de emprego nesta terça, 5

Repositor de mercadorias tem 60 vagas de emprego nesta terça, 5

Agências do trabalhador oferecem 218 oportunidades em diversas especialidades; maior salário do dia é de R$ 2,6 mil para a função de encarregado de obras de manutenção

UnB oferece 81 vagas em vestibular indígena para início no 2º semestre de 2022

UnB oferece 81 vagas em vestibular indígena para início no 2º semestre de 2022

Inscrições estão abertas de 4 a 21 de julho

Distrito Federal registra o primeiro caso de varíola dos macacos

Distrito Federal registra o primeiro caso de varíola dos macacos

Paciente tem histórico de viagem para a Europa

Cena Contemporânea no DF está de volta em formato presencial

Cena Contemporânea no DF está de volta em formato presencial

Maior Festival Internacional de Teatro do Centro-Oeste acontece até 10 de julho em diversas regiões do DF

Mais de 3,2 mil livros e revistas sobre o cerrado para as escolas

Mais de 3,2 mil livros e revistas sobre o cerrado para as escolas

Coordenações regionais de ensino receberam material ecopedagógico sobre o bioma, com o objetivo de tornar lúdico e divertido o estudo da educação ambiental

Blitz noturna mapeia biodiversidade de regiões do DIstrito Federal

Blitz noturna mapeia biodiversidade de regiões do DIstrito Federal

Realizada pela Sema, o Brasília Ambiental e a Universidade Católica de Brasília, estratégia faz parte do Projeto Capivaras. Resultado vai subsidiar políticas públicas de manejo e monitoramento dos animais

GDF cumpre legislação e limita em 18% o ICMS de combustíveis e energia

GDF cumpre legislação e limita em 18% o ICMS de combustíveis e energia

Medida atende a Lei Complementar n° 194/2022 e resultará em perda de arrecadação anual estimada em R$ 1,7 bilhão para o governo local