×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 18 de setembro de 2021

O piso salarial do professor nasceu na BahiaFoto: ACEB

O piso salarial do professor nasceu na Bahia

A luta do Piso Salarial Nacional do Magistério teve inicio na época em que Maria José Rocha Lima era Presidente da Associação dos Professores Licenciados da Bahia

Maria José Rocha Lima - 01/09/2021 - 16:06:50

Numa Live intitulada Tudo pelo piso salarial, a professora Marinalva Nunes bradou: “O piso salarial do professor nasceu na Bahia. As coisas boas acontecem na Bahia e se expandem para o Brasil afora”.

É verdade, o piso salarial foi inspirado nas ideias de Anísio Teixeira sobre o valor do custo aluno anual. E a presidente da ACEB reforçou: “A luta do Piso Salarial Nacional do Magistério teve inicio na época em que Maria José Rocha Lima era Presidente da Associação dos Professores Licenciados da Bahia- APLB”. Marinalva a era vice – presidente da entidade. Ela rememorou: “A luta é antiga do tempo da dupla da APLB Maria José e Marinalva Nunes”.

Hoje presidente da Aceb, Marinalva lembrou que, para garantir o piso, as lideranças dos professores baianos realizaram a Marcha Anísio Teixeira em Defesa da Escola Pública e pelo Piso Salarial do Professor. Muitos companheiros que acompanharam a live participaram da marcha pela valorização do magistério, valorização dos profissionais de educação e pelo piso nacional. A Marcha Anísio Teixeira em Defesa da Escola Pública, naquela época, mobilizou professores em todo o estado da Bahia e reuniu mais de 25 mil professores, alunos e pais nas ruas de Salvador.


O Piso Salarial do Magistério foi idealizado, proposto e amplamente divulgado e batalhado na Bahia e foi incluído na pauta de reivindicação nacional. A professora denunciou que muitos prefeitos e mesmo estados vêm tentando manobrar, driblar a implantação integral do PSPN. Nós lutamos pelo cumprimento, afinal nós somos pioneiros dessa luta do Piso Salarial Profissional Nacional para os profissionais de educação. Os professores brasileiros, especialmente os que ingressaram recentemente na carreira, precisam saber sobre o histórico do piso salarial do professor e sua origem na Bahia. Desde o professor do Amazonas ao Rio Grande do Sul; do Rio Grande do Norte ao Acre muitos sabem, mas todos devem saber que o piso salarial do professor, calculado com Base no Valor do Custo Aluno/Ano, nasceu na Bahia, de acordo com as ideias de Anísio Teixeira.



Durante a Live foram celebradas algumas conquistas; foram dados muitos esclarecimentos e retomados antigos contatos, como o que foi feito com a professora Jacira Vanderley, uma brava lutadora que esteve com a gente na construção da APLB de Base e foi vereadora de Barreiras. A luta não para!



Maria José Rocha Lima é mestre e doutoranda em educação. Foi deputada de 1991 a 1999. Presidente da Casa da Educação Anísio Teixeira. Psicanalista e dirigente da Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas em Psicanálise-ABEPP-.Membro da Organização Internacional Clube SI Brasilia Sudoeste


Comentários para "O piso salarial do professor nasceu na Bahia":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório