×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 18 de setembro de 2021

Indignados, influenciados e oportunistasFoto: Reprodução Por Miguel Lucena

Indignados, influenciados e oportunistas

Tenho amigos que eram do Psol e agora defendem golpe militar ou intervenção militar constitucional, como classificam, com Bolsonaro na liderança.

Por Miguel Lucena - 24/08/2021 - 15:20:51

Pessoas mudam de posição política, da noite para o dia, por três motivos: a) indignação com o estado de coisas; b) convencimento; c) oportunismo.

No primeiro time estão os que só conseguem operar nos extremos. Tenho amigos que eram do Psol e agora defendem golpe militar ou intervenção militar constitucional, como classificam, com Bolsonaro na liderança.


Muitos saíram de um extremo ao outro revoltados com os escândalos patrocinados por líderes que se diziam paladinos da moralidade e censuravam os menores deslizes nos outros.


No segundo, estão os que se deixam influenciar pelas opiniões que circulam à sua volta, acreditam em versões estapafúrdias sobre ideologia, política e economia, de um lado ou do outro, e sempre estão inseguros em relação ao futuro.


No terceiro grupo estão os amigos do inspetor Oliveira, da Paraíba. “Não adianta argumentar, eu sou governo!”, já avisava. E se os nazistas assumirem o poder? “Eu viro nazista”, completava. E se forem os comunistas? “Você é tapado, é?”.



Comentários para "Indignados, influenciados e oportunistas":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório