×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de outubro de 2021

Guterres apela ao Talebã para proteger vidas e direitos de mulheres e meninas

Guterres apela ao Talebã para proteger vidas e direitos de mulheres e meninasFoto: UNICEF Afghanistan

Grupo de crianças que fugiu do conflito e foi para um acampamento de deslocados em Kandahar

Portal Onu News De Noticias - 15/08/2021 - 19:42:22

Secretário-geral da ONU participa de reunião no Conselho de Segurança sobre o Afeganistão, marcada para segunda-feira pela manhã; António Guterres pede também que trabalhadores humanitários tenham acesso desempedido ao país.

O secretário-geral das Nações Unidas está acompanhando, com muita preocupação, a situação no Afeganistão. Neste domingo, António Guterres divulgou um comunicado, onde faz um “apelo ao Talebã e a todas as partes, para exercerem contenção máxima para proteger vidas e garantir que as necessidades humanitárias sejam atendidas.”

O chefe da ONU participará de uma reunião do Conselho de Segurança sobre o Afeganistão, marcada para as 10h de segunda-feira, hora local em Nova Iorque.

Menina de 12 anos segura a irmã em campo para deslocados internos em Herat, no Afeganistão

Unicef/Husseini

Menina de 12 anos segura a irmã em campo para deslocados internos em Herat, no Afeganistão

Direitos das Mulheres

Guterres lembra que o conflito já forçou dezenas de milhares de pessoas a abandonarem suas casas e há relatos de “sérios abusos de direitos humanos e de violações nas comunidades mais afetadas” pela violência.

O secretário-geral da ONU “está especialmente preocupado com o futuro das mulheres e das meninas” e lembra ser preciso proteger os direitos delas, que foram duramente conquistados.

António Guterres quer o fim de todos os abusos e pede ao Talebã, e a todos os outros lados, para “garantir que a lei humanitária internacional e os direitos e liberdades de todas as pessoas sejam respeitados e protegidos.”

Prédio em Cabul após ataque reivindicado pelo Talebã há dois anos

Unama/Fardin Waezi

Prédio em Cabul após ataque reivindicado pelo Talebã há dois anos

Acesso humanitário

Segundo o chefe das Nações Unidas, a necessidade de assistência humanitária aumenta, ao mesmo tempo em que o ambiente se torna mais restrito com a escalada do conflito. Guterres faz um apelo a todos os lados para garantir que os trabalhadores humanitários tenham acesso desimpedido para entregar serviços essenciais aos afegãos.

Na nota, ele destaca que as Nações Unidas continuam determinadas em “contribuir para a paz, para a promoção dos direitos humanos, especialmente das mulheres e das meninas, e para fornecer ajuda humanitária vital e apoio crítico e todos os civis que precisam de assistência.”


Comentários para "Guterres apela ao Talebã para proteger vidas e direitos de mulheres e meninas":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Tiffany diz que Tandara 'errou nas palavras' e minimiza novas declarações

Tiffany diz que Tandara 'errou nas palavras' e minimiza novas declarações

Tiffany voltará às quadras na próxima terça-feira, para o segundo jogo da decisão do Campeonato Paulista, em Barueri

Tandara critica mais uma vez a presença de transexuais: 'Minha opinião não muda'

Tandara critica mais uma vez a presença de transexuais: 'Minha opinião não muda'

Em 2018, eu dei uma entrevista, inclusive eu estava aqui em Osasco, quando eu disse que não concordava.

OMS reconhece legado de Henrietta Lacks à ciência e à saúde

OMS reconhece legado de Henrietta Lacks à ciência e à saúde

Chefe da OMS (à dir, em pé) recebe a família de Henrietta Lacks para uma homenagem na sede da agência.

Mostra ajuda a limpar estigmas e dá profundidade à Carolina Maria de Jesus

Mostra ajuda a limpar estigmas e dá profundidade à Carolina Maria de Jesus

A mostra tem entrada gratuita com agendamento prévio pelo site do IMS.

PSB vai ao STF contra Plano de Segurança de Bolsonaro que exclui feminicídio

PSB vai ao STF contra Plano de Segurança de Bolsonaro que exclui feminicídio

O PSB lembra na ação que, sem uma classificação particular, os feminicídios e as mortes causadas por violência policial vão sofrer um apagão de dados, o que dificulta a definição de políticas públicas para proteger os grupos vulneráveis.

Maria Ressa e o prêmio Nobel: A luta contra fake news é a luta pela democracia

Maria Ressa e o prêmio Nobel: A luta contra fake news é a luta pela democracia

Jornalista Maria Ressa foi condecorada com o Nobel da Paz em 2021; prêmio também foi concedido ao russo Dmitry Muratov -

''Renascer' me fez crescer muito', diz Adriana Esteves

''Renascer' me fez crescer muito', diz Adriana Esteves

A novela exclusivamente rural, que caiu no gosto do público, entrou agora para o catálogo da Globoplay e a partir desta segunda, 11, poderá ser assistida em edição completa - são 126 capítulos.

Dia Internacional da Menina reforça necessidade de acesso às ferramentas digitais

Dia Internacional da Menina reforça necessidade de acesso às ferramentas digitais

Divisão digital impacta empregabilidade, saúde reprodutiva e autonomia corporal de mulheres

Marieta Severo conta que as sequelas da Covid-19 prejudicam o seu trabalho

Marieta Severo conta que as sequelas da Covid-19 prejudicam o seu trabalho

Além da sua doença, Severo enfrentou ainda um AVC do marido, Aderbal Freire. A veterana de 74 anos disse que voltar a gravar novela tem ajudado a superar esse período desafiador.

"Nunca quiseram nos escutar, então criamos um ambiente nosso, de acolhimento", diz slammer

Vencedora da Final Gaúcha de Slam, Tiatã conversou com o Brasil de Fato RS sobre a arte das batalhas de poesia das ruas

Mulheres negras são as principais vítimas de feminicídio no DF

Mulheres negras são as principais vítimas de feminicídio no DF

Não nos matem