×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 20 de janeiro de 2022

Futuro sem telefones fixos: em um ano, mais de 1,3 milhões de linhas telefônicas são desativadas no Brasil

Futuro sem telefones fixos: em um ano, mais de 1,3 milhões de linhas telefônicas são desativadas no BrasilFoto: Reprodução Pixabay gratuita

Os indicadores acabam de ser compilados pela plataforma Melhor Plano, especialista no ramo de telecom e parte do grupo Méliuz

Redação Com Agência - 26/11/2021 - 15:05:39

Mesmo com as atividades remotas e a rotina domiciliar imposta pela pandemia, os telefones fixos continuam perdendo espaço na vida dos brasileiros, que agora dão preferência aos dispositivos móveis. De acordo com informações do DSCOM (Dados do Setor de Comunicações), de 2020 para 2021, mais de 1,3 milhões de linhas do tipo fixo foram desativadas em todo o país, enquanto a quantidade de celulares teve um aumento de 20 milhões. Os indicadores acabam de ser compilados pela plataforma Melhor Plano, especialista no ramo de telecom e parte do grupo Méliuz.


Os números constatam que a queda observada entre julho de 2020 e o mesmo mês em 2021 não aconteceu de forma isolada, mas é parte de uma tendência típica do cenário atual. Se observados os últimos quatro anos, por exemplo, o declínio mais acentuado ocorreu de 2018 para 2019, quando foi registrado desligamento de cerca de 4,6 milhões de serviços de telefonia fixa — 11,4% do total na época. Nos anos seguintes, a quantidade de linhas contou com reduções de 4 milhões (também 11,4%) e, mais recentemente, 1,3 milhões (4,4%).


Com os celulares, por sua vez, o comportamento entre 2018 e 2021 tem sido mais complexo. Isso porque, durante alguns momentos do período, o saldo foi negativo, com 6,2 milhões de aparelhos desativados entre 2018 e 2019 e queda de 2 milhões entre 2019 a 2020. De todo modo, a pandemia parece ter impactado positivamente sua comercialização e uso, já que, nesse meio-tempo, a base móvel teve adição de 2 milhões de dispositivos.

Que estados perderam mais telefones fixos durante a pandemia?


O número de linhas fixas nacionais pode ter apresentado queda considerável, mas os desligamentos não aconteceram de forma homogênea em todas as regiões. Em algumas, a propósito, o caminho foi o inverso: estados como Rio Grande do Norte, Ceará e Paraíba viram a quantidade de telefones aumentar, contrariando a tendência geral. Já São Paulo liderou a lista de lugares com maior redução em meio à pandemia, ao lado do Rio de Janeiro e Minas Gerais. Você confere a lista com as maiores quedas abaixo:


Sobre o Melhor Plano

Fundado em 2015, o Melhor Plano é uma plataforma especializada na comparação imparcial e transparente de planos de telefonia e internet no Brasil. O site, que faz parte do grupo Méliuz (CASH3), ajuda os consumidores a tomarem decisões mais assertivas por meio de comparadores individuais e para famílias de serviços do tipo controle e pós-pago. Suas ferramentas também abrangem planos de internet banda larga, tv por assinatura, fixo, combos e cartões de crédito. Até o momento, estima-se que mais de 30 milhões de pessoas foram impactadas pela marca.


Comentários para "Futuro sem telefones fixos: em um ano, mais de 1,3 milhões de linhas telefônicas são desativadas no Brasil":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Primeira vacinada do Brasil deseja um 2022 com 100% vacinados e sem uso de máscara

Primeira vacinada do Brasil deseja um 2022 com 100% vacinados e sem uso de máscara

Mônica Calazans, enfermeira e primeira vacinada no Brasil

Brumadinho: Três anos depois, o que mudou ?

Brumadinho: Três anos depois, o que mudou ?

Fotografia tirada após o rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, que matou 272 pessoas

Servidores federais fazem atos em Brasília por reajuste salarial

Servidores federais fazem atos em Brasília por reajuste salarial

Cerca de 50 categorias pedem reajustes de 20% a 28%

"A luta dos povos indígenas é uma luta válida e importante para todo o povo"

A Festa do Murici e Batiputá acontece entre os dias 12 e 15 de janeiro

Ministro de Minas e Energia quer o Cade investigando preços abusivos da Petrobras

Ministro de Minas e Energia quer o Cade investigando preços abusivos da Petrobras

Na avaliação do ministro, a investigação do Cade não tem atribuição de segurar o preço dos combustíveis. Mas pode corrigir práticas da empresa, caso fique configurada alguma distorção.

Coronavírus: Ciência e Tecnologia suspende trabalho presencial em quatro órgãos

Coronavírus: Ciência e Tecnologia suspende trabalho presencial em quatro órgãos

O Brasil enfrenta uma nova onda de aumentos de casos de covid-19 por causa da variante Ômicron

Câmara deve retomar trabalho remoto após aumento de casos de Covid-19

Câmara deve retomar trabalho remoto após aumento de casos de Covid-19

Medida ainda não foi oficializada pelo presidente da Casa

Marco temporal, operações policiais e vacina: conheça os principais julgamentos do STF em 2022

Marco temporal, operações policiais e vacina: conheça os principais julgamentos do STF em 2022

Pauta do ano coloca Supremo Tribunal Federal novamente em evidência, apontam especialistas

No Recife, crianças vacinadas contra a covid-19 ganham livro de presente

No Recife, crianças vacinadas contra a covid-19 ganham livro de presente

No Recife, quem recebe a vacina contra a covid leva um livro para casa

Indígena é a 1ª criança vacinada contra a Covid-19 no país

Indígena é a 1ª criança vacinada contra a Covid-19 no país

Em ato simbólico, xavante de 8 anos de Piracicaba recebeu imunizante

Médicos da atenção primária decidem entrar em greve em São Paulo

Médicos da atenção primária decidem entrar em greve em São Paulo

Decisão pode ser revista caso prefeitura revise planejamento