×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 03 de julho de 2022

Festival de conversas antecederá edição do Rock in Rio deste ano

Festival de conversas antecederá edição do Rock in Rio deste anoFoto: Por Alana Gandra – Agência Brasil - Rio de Janeiro

Evento ocorrerá em julho simultaneamente no Brasil e em Portugal

© Alexandre Macieira/riotur - 21/06/2022 - 07:53:24

O Rock in Rio 2022, previsto para os dias 2, 3 e 4 e 8, 9, 10 e 11 de setembro, na Cidade do Rock, no Rio de Janeiro, será precedido por um festival de conversas que ocorrerá simultaneamente no Brasil e em Portugal, fruto da Unidade de Aprendizagem do Rock in Rio. É o Rock in Rio Humanorama, que reunirá convidados especiais, com experiências diversas, para debater temas de interesse para a sociedade.

“A gente queria um nome que transmitisse a mensagem do ser humano no centro da conversa”, disse hoje (20) à Agência Brasil a vice-presidente de Learning Experience do Rock in Rio, Agatha Arêas. À palavra grega “hórama”, que significa “o que se descortina, vista, espetáculo”, juntou-se o termo “humano”, resultando no espetáculo do humano, para estimular e criar uma troca de conversas e mensagens. Aghata explicou que se trata de diálogos, de trocas e que não há palestras.


A cada conversa, três ou quatro convidados, com origens, experiências e visões de mundo diversas, participam de um bate-papo sobre a construção de um mundo melhor e mais humano. Os convidados são brasileiros e portugueses, em sua maioria. A partir daí, o público poderá aumentar seu repertório de entendimento e obter subsídios para construir um pensamento crítico, com base em informações reais e na vivência de outras pessoas. “E aí, podemos desenhar nossas próprias percepções em um momento em que o mundo está muito polarizado, acreditamos que devido à falta de informação, de conhecimento, da falta de escuta ativa”, acrescentou Agatha.

O objetivo é que ouvintes e convidados se coloquem um no lugar do outro e exercitem essa postura empática, sem “entrar em uma dinâmica binária de certo ou errado, é isso ou aquilo, porque há muitas situações diversas e é necessário entender a circunstância de cada um”, afirmou. Segundo Agatha. mesmo que haja valores inegociáveis para cada pessoa, na maioria das vezes, é possível exercer a tolerância, a empatia, para entender e perceber por que são construídas verdades e experiências de vida diferentes umas das outras.

Formato híbrido

Entre os 150 convidados, já estão confirmados Siyabulela Mandela, ativista e bisneto de Nelson Mandela; e os brasileiros Criolo, rapper , compositor e ator; Angélica, apresentadora de TV; Rita von Hunty, professor, ator, youtuber , comediante e drag queen ; e Noêmia Oliveira, atriz da produtora Porta dos Fundos.

A segunda edição do Rock in Rio Humanorama será entre os dias 28 e 31 de julho, no formato híbrido. A programação online é inteiramente gratuita e ocorrerá, no Brasil, das 10h às 15h, diariamente, tendo também conversas gravadas e intervenções de Dante Freitas e Renan Hannouche, do espaço de inovação Gravidade Zero, que vão interagir com o público em tempo real, funcionando como dinamizadores dos diálogos. Haverá tradução em libras e legendagem, no Brasil, e tradução em língua gestual, em Portugal.


Serão 110 atividades no total, com 16 horas de conversas gravadas e ao vivo. De acordo com Agatha, o projeto visa criar um ambiente inclusivo, acessível e democrático, porque é de graça. Os interessados devem se inscrever no site da plataforma do evento.

Presencial

Pela primeira vez, haverá uma parte presencial em São Paulo, no Learning Village, centro de inovação e tecnologia com foco em educação e desenvolvimento de pessoas.


Os ingressos serão pagos, e cada um deles vai doar um curso do HSM University para talentos empreendedores de periferias de todo o Brasil. A experiência é inédita e se desenvolverá ao mesmo tempo que os bate-papos virtuais, com a diferença de que irá até as 19h. A parte presencial do 2º Rock in Rio Humanorama será apenas no Brasil.


A expectativa é receber 250 pessoas por dia, totalizando mil nos quatro dias do evento.

Em Portugal, foram realizados em maio quatro talk-shows , ou conversas presenciais, no espaço de trabalho dentro da Cidade do Rock Lisboeta, que juntaram quatro ou cinco pessoas, cada uma, entre acadêmicos, empresários e outros convidados, para uma troca de ideias transformadoras. A ação, que começou em Portugal, deve ser trazida em breve para o Brasil e passar por Rio de Janeiro, São Paulo e outras cidades. As conversas duram, em média, uma hora, com mais uma de confraternização.

A primeira edição do Rock in Rio Humanorama foi realizada em setembro do ano passado, exclusivamente na versão online . Segundo Agatha, assim como no festival passado, a meta é atingir este ano um público de 15 mil espectadores, como ocorreu em 2021, “e daí para cima”.




Comentários para "Festival de conversas antecederá edição do Rock in Rio deste ano":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Receita federal alerta para golpe do falso IOF antecipado via Pix

Receita federal alerta para golpe do falso IOF antecipado via Pix

Estelionatários simulam liberação de empréstimos

Consumidor procura mais por programas de pontos em viagens aéreas

Consumidor procura mais por programas de pontos em viagens aéreas

Na compra de viagens aéreas não é diferente A soma anual das emissões e resgates de pontos chegou a 22,4 milhões de transações em 2021

Amazônia e Cerrado registraram recordes no número de queimadas, aponta Inpe

Amazônia e Cerrado registraram recordes no número de queimadas, aponta Inpe

Os dados são do Programa Queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, órgão ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia.

Reservatórios têm melhor patamar desde 2012, indicam dados do ONS

Reservatórios têm melhor patamar desde 2012, indicam dados do ONS

O controle de vazão teve como foco as bacias do Rio Grande e do Rio Paraná, consideradas a "caixa d'água do Brasil

Brasil é um dos 10 piores países do mundo para se trabalhar, revela pesquisa

Brasil é um dos 10 piores países do mundo para se trabalhar, revela pesquisa

O Brasil ficou na faixa cinco, a pior do ranking, ao lado de Bangladesh, Belarus, Colômbia, Egito, Filipinas, Mianmar, Guatemala e Suazilândia.

Fiocruz alerta que novas pandemias podem surgir de vírus da Amazônia

Fiocruz alerta que novas pandemias podem surgir de vírus da Amazônia

Os locais de maior risco de surtos são as cidades amazônicas remotas junto a áreas de desmatamento.

Cinquenta sem-terra se formam em Medicina Veterinária no RS nesta sexta

Cinquenta sem-terra se formam em Medicina Veterinária no RS nesta sexta

Essa é a terceira turma especial ofertada pelo Programa Pronera, resultado da luta do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra

Criminalização e preconceito, a dura realidade das pessoas em situação de rua

Criminalização e preconceito, a dura realidade das pessoas em situação de rua

38,2% da população em situação de vulnerabilidade foram para a rua desde o início da pandemia

Exposição dá visibilidade a mulheres que convivem com doenças raras e deficiência

Exposição dá visibilidade a mulheres que convivem com doenças raras e deficiência

O titular da Secretaria destacou que momentos como este servem para dar luz às necessidades e aos desafios vividos por este público.

Violência faz IBGE buscar apoio da PF para coletar dados na Amazônia

Violência faz IBGE buscar apoio da PF para coletar dados na Amazônia

Mais de 200 mil trabalhadores recrutados pelo IBGE devem ir a campo coletar as informações de cerca de 76 milhões de lares

Brasil é o 89º em ranking da liberdade de expressão medido em 161 países, diz ONG

Brasil é o 89º em ranking da liberdade de expressão medido em 161 países, diz ONG

A queda de braço entre o presidente e o Judiciário também é tomada pela ONG Artigo 19 como um ponto crítico no caso brasileiro