×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 29 de novembro de 2021

Dia Internacional pela Erradicação da Pobreza ressalta que é preciso fazer ajustes

Dia Internacional pela Erradicação da Pobreza ressalta que é preciso fazer ajustesFoto: Pnud Índia/Dhiraj Singh

ONU pede maior inclusão das vozes das pessoas que vivem na pobreza

Agência Onu News De Noticias - 17/10/2021 - 12:53:47

Mensagem do chefe da ONU enfatiza transformação, inclusão e sustentabilidade como prioridades do pós-pandemia; António Guterres pede mais união para se promover o fim da pobreza e um mundo de justiça, dignidade e oportunidades.

Neste Dia Internacional pela Erradicação da Pobreza, as Nações Unidas indicam que, somente em 2020, houve cerca de 120 milhões de pessoas empurradas para a pobreza como efeito da pandemia em economias e sociedades.

O secretário-geral António Guterres adverte que “uma recuperação desequilibrada aprofunda ainda mais as desigualdades” entre os Hemisférios Norte e Sul. A mensagem para marcar o 17 de outubro destaca a falta de solidariedade em ação.

Covid-19

O chefe da ONU aponta como um dos efeitos dessa disparidade o desequilíbrio que é observado na entrega da vacina. A situação permite o aparecimento de novas variantes da Covid-19.

Trabalhador durante o bloqueio em Kathmandu, Nepal

ONU NewsVibhu Mishra

Trabalhador durante o bloqueio em Kathmandu, Nepal


Para Guterres, devem ser administradas as necessidades extremas, bem como tomar medidas para acabar com a indignação, enfrentar o sobre-endividamento e garantir o investimento de recuperação nos países mais desfavorecidos.

Na região do mundo tida como uma das mais afetadas pelas desigualdades, o vice-chefe da Comissão Econômica para África, António Pedro, disse à ONU News que é essencial dar novo impulso à cooperação global para combater a miséria.

“África acredita no multilateralismo, sem o qual o mundo não estará em condições de resolver muito dos grandes desafios. Por exemplo, as questões relacionadas com as mudanças climáticas, problemas sociais associados à migração e outras, que precisam que diferentes partes do mundo conversem e consigam forjar estratégias comuns com vista a uma transição justa, sem a qual vamos ver um mundo cada vez mais dividido e com as desigualdades sociais a aumentarem. Por exemplo, a questão da vacinação é das maiores prioridades onde é preciso a cooperação para que se consiga vencer a pandemia.”

Prioridades

A mensagem publicada pelo secretário-geral para o Dia Internacional pela Erradicação da Pobreza enfatiza como prioridade que os países promovam uma “recuperação transformadora”.

Mensagem da ONU aponta a pobreza como “uma acusação moral” dos tempos atuais

Uncdf

Mensagem da ONU aponta a pobreza como “uma acusação moral” dos tempos atuais


O chefe da ONU defende que o mundo não retorne “às desvantagens e desigualdades estruturais endêmicas, que perpetuaram a pobreza mesmo antes da pandemia”.

Em segundo plano, Guterres defende uma recuperação inclusiva, num mundo desigual onde a fragilidade de grupos já marginalizados cresce e coloca cada vez mais longe do alcance os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Um dos exemplos do cenário é o número de mulheres em extrema pobreza que supera o dos homens. Antes da Covid-19, “22 homens entre os mais ricos do mundo tinham mais riqueza do que todas as mulheres da África e a diferença só aumentou”.

Barreiras

Como terceira prioridade para a recuperação, o secretário-geral observa que o processo deve ser sustentável por haver necessidade de se construir um mundo resiliente, descarbonizado e com carbono líquido zero.

Número de mulheres vivendo em extrema pobreza supera o dos homens

Uncdf

Número de mulheres vivendo em extrema pobreza supera o dos homens


A mensagem aponta a pobreza como “uma acusação moral” dos tempos atuais, em um mundo que pela primeira vez registrou um aumento do problema em duas décadas.

Com o compromisso de ‘Construir Melhor para o Futuro’, o chefe da ONU destaca que deve ser promovida a maior inclusão das vozes das pessoas que vivem na pobreza, enfrentar as indignidades e eliminar as barreiras.

O líder das Nações Unidas ressalta ainda que falta mais união para acabar com a pobreza e criar um mundo de justiça, dignidade e oportunidades para todos.

Comentários para "Dia Internacional pela Erradicação da Pobreza ressalta que é preciso fazer ajustes":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Bullying é realidade entre escolares, alerta pesquisa

Bullying é realidade entre escolares, alerta pesquisa

Segundo a especialista, convive-se em meio a uma geração analógica que ainda não compreendeu a gravidade dessa forma de violência.

Nova pesquisa constata: Situação das crianças do Líbano piora de forma dramática, revela Unicef

Nova pesquisa constata: Situação das crianças do Líbano piora de forma dramática, revela Unicef

Médica do Unicef trata crianças no Líbano.

No DF, violência contra pessoas trans aumentou 271% em 2020

No DF, violência contra pessoas trans aumentou 271% em 2020

Delegacia especial atende denúncias e registros de ocorrência de segunda à sexta

Laureados com o Tang Prize buscam justiça ambiental e judicial por meio de litígios de interesse público

Laureados com o Tang Prize buscam justiça ambiental e judicial por meio de litígios de interesse público

A Tang Prize Foundation convida todos a visitar nosso canal oficial no YouTube para assistir a essas palestras e aprender sobre algumas das questões mais urgentes.

Assembleia Geral adota plano global contra tráfico de pessoas

Assembleia Geral adota plano global contra tráfico de pessoas

Assembleia Geral da ONU adotou nesta segunda-feira uma declaração política que reúne ações para combater o tráfico de pessoas

Falta de saneamento básico mata 700 crianças abaixo de cinco anos por dia

Falta de saneamento básico mata 700 crianças abaixo de cinco anos por dia

Mais de 3,6 bilhões de pessoas vivem sem saneamento básico, o que representa quase 50% da população global

MPDFT lança cartilha que esclarece sobre crimes de racismo e injúria racial

MPDFT lança cartilha que esclarece sobre crimes de racismo e injúria racial

No Dia da Consciência Negra, o Ministério Público do DF e Territórios lança a cartilha “Você foi vítima de um crime racial? Conheça seus direitos” em conjunto com uma campanha que será iniciada amanhã nas redes sociais.

Parlamentares entregam carta a embaixador de El Salvador para pedir liberdade de Vanda Pignato

Parlamentares entregam carta a embaixador de El Salvador para pedir liberdade de Vanda Pignato

Brasileira, a ex-primeira-dama de El Salvador, Vanda Pignato, está há mais de três anos cumprindo prisão domiciliar no país da América Central

Distritais aprovam projeto de lei que institui Política pela Primeira Infância

Distritais aprovam projeto de lei que institui Política pela Primeira Infância

A primeira infância compreende o período da gestação até os primeiros 6 (seis) anos de idade das crianças.

Mais um muro no Texas, desta vez contra pessoas trans no esporte

Mais um muro no Texas, desta vez contra pessoas trans no esporte

Lei texana impede transgêneros de competir junto a times e equipes correspondentes à sua identidade de gênero

Promotor do TPI abre investigação sobre crimes contra a humanidade na Venezuela

Promotor do TPI abre investigação sobre crimes contra a humanidade na Venezuela

Sede do Tribunal Penal Internacional, TPI, em Haia.