×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 09 de agosto de 2022

Bienal do Livro: Gabriela Albergaria conta como a natureza influencia sua obra

Bienal do Livro: Gabriela Albergaria conta como a natureza influencia sua obra

Foto: Marcello Casal - Agência Brasil

A artista também falou de memória, do esmero e importância em respeitar culturas regionais, ressaltou o valor das narrativas indígenas e a presença frutífera de tribos na conservação de territórios.

Estadão Conteúdo - 02/07/2022 - 19:37:46

"Eu gosto que o erro esteja presente (no nosso trabalho), o erro é importante para eu pensar", conta a artista plástica portuguesa Gabriela Albergaria, sobre o conselho que recebeu de Paula Rego, uma das principais pintoras portuguesas, morta este ano. Albergaria, que estuda a flora, falou na Bienal do Livro de São Paulo sobre a influência das plantas em seu trabalho, esculturas que emulam a natureza a partir de seus fragmentos, como troncos frondosos que chegam a ocupar salas inteiras. Seu trabalho fotográfico documenta a poesia das florestas, a aleatoriedade da vida brotando do solo, matéria de poesia que norteou a edição passada da Festa Literária Internacional de Paraty, a Flip.


Albergaria se juntou ao curador João Fernandes na mesa Para Entender a Floresta, assunto necessário para pensar o momento de urgência ambiental que vivemos, com crise na Amazônia, queimadas e ameaças constantes ao meio ambiente. Ela contou do trabalho que tem feito em parceria com biólogos e pesquisadores, para ler e interpretar a floresta a partir da intervenção da arte. Defendeu a floresta como um organismo vivo e pensante, proposta que integra seu repertório a partir de narrativas vegetais (ela usa fragmentos de árvores, plantas, caules para contar a história da floresta) sobre resistência.


A artista também falou de memória, do esmero e importância em respeitar culturas regionais, ressaltou o valor das narrativas indígenas e a presença frutífera de tribos na conservação de territórios.


Multidisciplinar

Gabriela Albergaria mistura elementos da escultura, desenho e fotografia em suas obras. Radicada em Berlim, ela ressalta a importância da natureza na paisagem urbana, suas obras questionam essa relação de desarmonia e interdependência dos espaços, além de demarcarem a presença vegetal no concreto. Essa incerteza, ressaltada na frase de Rego, é o clima que permeia a relação entre a cidade e o homem. O colapso ambiental pode resultar de uma sequência de erros dos homens, mas a salvação, também.


Abertura

Cosplayers, punks e até uma menina vestida de barbie girl. Personagens irresistíveis para se agruparem juntos em uma fila quilométrica. São Paulo, quase trinta graus, os transeuntes se acotovelam na fila do busão gratuito a caminho da Expo Center Norte, onde acontece a 26ª edição da Bienal do Livro de São Paulo.


Na saída do Terminal Rodoviário do Tietê, vãs clandestinas cobram R$ 5 com os condutores. Nessa altura, a maquiagem das meninas que esperam o transporte lotar derretem, leques espalhafatosos se abrem para abafar o calor. "Tá babado essa bienal, vou chamar um Uber". Só que está muito caro, adverte a colega de fila.


Da saída do Tietê, os ônibus saem rápido, enchem em instantes. Dez minutos é o tempo máximo entre embarcar no fretado free ao estacionamento do pavilhão. Em frente ao Expo Center Norte, um formigueiro enlouquecido se esparrama pela calçada. Todos os sotaques se misturam em uma polifonia de R's. Tem gente de Pirapora, do Rio, Recife, e gente que não tem ingresso.


Serviço

Bienal Internacional do Livro de São Paulo

- De 2 a 10 de julho, das 2ª a 6ª, das 9h às 22h, e sábado e domingo, das 10h às 22h. A entrada é autorizada até as 21h.



- Expo Center Norte (Rua José Bernardo Pinto, 333 - Vila Guilherme).


- Ingressos: R$ 30.



fonte: Estadão Conteudo


Comentários para "Bienal do Livro: Gabriela Albergaria conta como a natureza influencia sua obra":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Últimas Notícias
Operação Res Capta: MPF denuncia 27 pessoas por corrupção, associação criminosa e crimes ambientais

Operação Res Capta: MPF denuncia 27 pessoas por corrupção, associação criminosa e crimes ambientais

Ministro suspende novo decreto que reduziu IPI de produtos que concorrem com os produzidos na ZFM

Ministro suspende novo decreto que reduziu IPI de produtos que concorrem com os produzidos na ZFM

“O TSE não está só, porque a sociedade não tolera o negacionismo eleitoral”, afirma Fachin

“O TSE não está só, porque a sociedade não tolera o negacionismo eleitoral”, afirma Fachin

Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas

Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas

60 anos da psicologia é marcada por manifestações em defesa da democracia

60 anos da psicologia é marcada por manifestações em defesa da democracia

Roubo de celular vira ‘porta de entrada’ para invasão a contas e cartões

Roubo de celular vira ‘porta de entrada’ para invasão a contas e cartões

Por que as eleições deste ano podem ser as mais atípicas já vistas no Brasil?

Por que as eleições deste ano podem ser as mais atípicas já vistas no Brasil?

“É mito que o álcool faz bem para a saúde”, diz médica da Opas

“É mito que o álcool faz bem para a saúde”, diz médica da Opas

TSE e Kwai estreiam Central das Eleições

TSE e Kwai estreiam Central das Eleições

Preso sob acusação de matar Marielle é condenado por tráfico de armas

Preso sob acusação de matar Marielle é condenado por tráfico de armas

UnB divulga nota à comunidade sobre a doença Monkeypox

UnB divulga nota à comunidade sobre a doença Monkeypox

Internautas cobram cassação do registro de Damares por fake news contra Lula

Internautas cobram cassação do registro de Damares por fake news contra Lula

Prazos processuais judiciais voltam a fluir no TJDFT

Prazos processuais judiciais voltam a fluir no TJDFT

MPDFT apresenta resultados da aplicação de medidas alternativas em 2021

MPDFT apresenta resultados da aplicação de medidas alternativas em 2021

Golpes bancários disparam e devem gerar prejuízos de R$ 2,5 bilhões neste ano

Golpes bancários disparam e devem gerar prejuízos de R$ 2,5 bilhões neste ano

Ministério da Saúde lança Campanha Nacional de Vacinação

Ministério da Saúde lança Campanha Nacional de Vacinação

Deputados tentam tirar dados negativos de próprios verbetes na Wikipédia

Deputados tentam tirar dados negativos de próprios verbetes na Wikipédia

Neca Setubal: 'Sociedade civil e entidades acordaram'

Neca Setubal: 'Sociedade civil e entidades acordaram'

Brazilian Day Japão acontece no mês de setembro em Hamamatsu

Brazilian Day Japão acontece no mês de setembro em Hamamatsu

CNMP desmente que processará procuradores que assinaram manifesto

CNMP desmente que processará procuradores que assinaram manifesto

MPF solicita que PF e Funai investiguem incêndio que atingiu aldeia Xavante

MPF solicita que PF e Funai investiguem incêndio que atingiu aldeia Xavante