ContextoExato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 19 de fevereiro de 2018

Rebanhão Católico reúne 20 mil pessoas durante três dias no Nilson Nelson

Rebanhão Católico reúne 20 mil pessoas durante três dias no Nilson Nelson

Pessoas de todas as idades passaram e rezaram no local. No encerramento, foi programada missa com o arcebispo de Brasília, dom Sérgio Cardeal da Rocha.

Por Azelma Rodrigues - Correio Braziliense / Foto: RCC-DF - 13/02/2018 - 04:40:08

Durante o carnaval, o Ginásio Nilson Nelson foi ponto de encontro de cristãos de todos os lugares do Distrito Federal. Desde domingo (11/2), o Rebanhão, tradicional encontro católico realizado nos dias de folia, atraiu cerca de 20 mil pessoas de todas as idades, que rezaram e assistiram a shows musicais. O número de participantes, segundo os organizadores, é semelhante ao de anos anteriores. No encerramento da festa, foi programada uma missa celebrada pelo arcebispo de Brasília, dom Sérgio Cardeal da Rocha.

Essa é a 32ª edição do Rebanhão Católico. Um enorme palco dominou boa parte do ginásio. Ao redor dele, centenas de pessoas, sentadas em cadeiras dobráveis no centro do ginásio, nas arquibancadas e nas galerias ouviam as pregações e louvavam a Deus. "O objetivo é a evangelização, movida pela ação do Espírito Santo, que é nossa identidade", explicou um dos organizadores, Frank Ney Sousa de Lima.

Sentada de frente ao palco estava Ana Francisca da Costa, 51 anos. Junto a amigas, ela aproveitou a celebração cristã durante os três dias seguidos. "É uma sensação muito boa estar aqui. Eles transmitem muita alegria para a gente”, contou.

Mesmo do lado de fora do ginásio, Edileuza dos Santos, 56 anos, estendia os braços ao ouvir, pelos alto-falantes, a pregadora Keila Sousa dizer: “Deus tem se manifestado vivo para nós”. Junto com os filhos e a irmã, ela lamentou por não estar lá dentro. Edileuza aproveitou o evento para vender brigadeiros e dindins do lado de fora.

Comentários para "Rebanhão Católico reúne 20 mil pessoas durante três dias no Nilson Nelson":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório