×
ContextoExato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de julho de 2018


PF mira aliados de Eunicio

PF mira aliados de Eunicio

Senador não é alvo de nenhum dos oito mandados de buscas autorizados por Fachin, mas investigados são ligados ao presidente do Senado

Estadão Conteúdo - 10/04/2018 - 12:53:23

 

Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira, 10, a Operação Tira-Teima, que investiga pagamentos de vantagens indevidas, por partes de um grupo empresarial a políticos, para obter benefícios em medidas de interesse do grupo econômico.

+ Fachin autoriza envio de perguntas da Procuradoria a Eunício

Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin ordenou oito mandados de busca e apreensão em São Paulo, Goiânia e Fortaleza, cumpridos por 40 agentes da PF. Os alvos são pessoas supostamente ligadas ao senador Eunício Oliveira (MDB), presidente do Senado.

 

 + Delator revela propina da Hypermarcas por MPs

O senador é alvo de inquérito no Supremo, aberto em abril de 2017, que o investiga por supostos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

+ Supremo põe Lava Jato outra vez nas ruas e mira pessoas ligadas a Eunício, Renan, Humberto Costa e Raupp

A finalidade das medidas é buscar documentos e outros elementos de aprofundamento da investigação, considerando a notícia de doações de campanha abalizadas através de contratos fictícios. A operação é decorrente de delação do ex-diretor de Relações Institucionais da Hypermarcas, Nelson Mello.

+ Novo presidente do Senado, Eunício é acusado de receber propina para liberar MP para Odebrecht

Em 2016, Mello afirmou em seu depoimento à Procuradoria-Geral da República que pagou R$ 30 milhões a dois lobistas com trânsito no Congresso para efetuar repasses de propinas milionárias para senadores do então PMDB, entre eles o ex-presidente do Congresso, Renan Calheiros (AL), Romero Jucá (RR) e Eduardo Braga (AM).

 

Comentários para "PF mira aliados de Eunicio":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório