×
ContextoExato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de julho de 2018


Pecuaristas esperam nova fórmula da vacina contra aftosa

Pecuaristas esperam nova fórmula da vacina contra aftosa

A categoria pediu, mas a substância só será disponibilizada em 2019

Por Ivana Sant’Anna – Foto: Reprodução - 13/02/2018 - 11:29:37

A saponina, substância presente na vacina contra febre aftosa está causando prejuízos aos pecuaristas. A categoria avalia que o produtor perde, em média, 2 quilos de carne por animal abatido, quando as lesões provocadas pela vacinação são encontradas, além de não haver ressarcimento pela carne descartada. Por isso, os pecuaristas solicitaram que uma nova fórmula que diminuísse de 5ml para 2ml a quantidade de saponina. 

Apesar da exigência dos produtores de gado, a nova fórmula contra a aftosa só estará disponível em 2019, segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. 

De acordo com o coordenador de Sanidade Animal da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Décio Coutinho, a vacina com menor dosagem trará menos prejuízo ao produtor rural. “Quando o animal vai para o abate, a parte afetada pelo edema é retirada da carcaça antes de ser pesada, gerando prejuízo ao produtor. Então a ideia é que esse impacto seja zero ou o menor possível”, explicou.

Sem a nova fórmula, o gasto dos pecuaristas com a vacinação do gado contra a febre aftosa será maior que os R$600 milhões que já são destinados à imunização dos rebanhos em todo país.

Comentários para "Pecuaristas esperam nova fórmula da vacina contra aftosa":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório