ContextoExato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de maio de 2018

Mercado à Moda Antiga homenageia tradição dos espantalhos e corporações de bombeiros

Mercado à Moda Antiga homenageia tradição dos espantalhos e corporações de bombeiros

O Mercado à Moda Antiga realiza-se nos dias 19 e 20 de maio no centro histórico de Oliveira de Azeméis

Por Cm-oaz.pt / Foto: Pixabay - 15/05/2018 - 16:48:45

"Além de recordar o mercado que se realizava há mais de 100 anos na então Praça dos Vales, quisemos este ano recuperar uma tradição bastante antiga relacionada com os espantalhos utilizados na freguesia de Macinhata da Seixa para defender as cerejeiras das investidas das aves”, afirma o presidente da autarquia, Joaquim Jorge.

Vinte anos depois da iniciativa “Macinhata Espanta”, um projeto de Conceição Ferreira que envolveu a confeção e a exibição de 1113 (mil cento e treze) espantalhos que atraiu turistas nacionais e estrangeiros e inscreveu Macinhata da Seixa no “Guiness Book”, a autarquia quer reativar e dar de novo dimensão esta prática antiga das gentes oliveirenses.

“O Mercado à Moda Antiga é o primeiro passo para fazer ressurgir essa ideia”, diz o autarca de Oliveira de Azeméis desejando que o evento “seja o alavancar de um processo que volte a identificar Oliveira de Azeméis como uma terra ligada aos espantalhos”. As dezenas de associações presentes no Mercado à Moda Antiga foram convidadas a aderir a este movimento ostentando nos seus espaços um espantalho como forma de homenagear, uma tradição antiga que, há 20 anos, projetou o concelho além-fronteiras.

Oliveira de Azeméis reviverá o espírito dos espantalhos não só no mês de maio mas também ao longo dos meses de junho e julho. O autarca explica que “a reativação desta tradição não se esgota no Mercado à Moda Antiga uma vez que a autarquia, em colaboração com Conceição Ferreira, a grande impulsionadora do projeto, irá realizar no início do próximo mês um festival que juntará centenas de espantalhos por toda a cidade”.

A edição deste ano do maior evento cultural do município homenageia ainda as corporações de bombeiros de Oliveira de Azeméis e de Fajões associando a sua imagem ao cartaz como reconhecimento do seu papel na defesa das populações.

O Mercado à Moda Antiga realiza-se nos dias 19 e 20 de maio no centro histórico de Oliveira de Azeméis procurando recriar o mercado que se realizava no final do século XIX na antiga Praça dos Vales, no local onde hoje está implantado o jardim público.

O centro da então vila reunia gente de todas as freguesias do concelho para vender os produtos da terra, principalmente agrícolas. Hoje, todo esse cenário é recriado fielmente por milhares de figurantes trajados a rigor dispersos pelas ruas onde, entre outros atrativos, se podem ver tendas à moda antiga, artesãos, padeiras, utensílios antigos e muita gastronomia numa verdadeira partilha de costumes, tradições e saberes por novos e mais velhos.

O Mercado à Moda Antiga de Oliveira de Azeméis nasceu em 1997 por iniciativa do Grupo Recreativo, Associativo e Cultural de Cidacos tendo, na altura, como mentores e organizadores Nelson Costa e Ana Nadais.

Comentários para "Mercado à Moda Antiga homenageia tradição dos espantalhos e corporações de bombeiros":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório