ContextoExato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de maio de 2018

Lazer na Invicta. As ruas do Porto para fugir da baixa

Lazer na Invicta. As ruas do Porto para fugir da baixa

Quer seja visitante, quer seja residente, não deixe de seguir o nosso roteiro pelas avenidas e ruas do Porto para fugir da baixa e da massificação

Por Ekonomista / Foto: Divulgação - 29/04/2018 - 18:07:59

São quatro as sugestões que planeámos para si. De carro, autocarro, bicicleta ou mesmo a pé, é possível alcançar estas avenidas e ruas do Porto para fugir da baixa e ver as várias cidades que existem dentro de uma mesma cidade. Não se fique pela oferta turística do centro histórico, pois há muito para visitar, para fazer e para desfrutar em outros pontos da cidade Invicta. Percorra connosco este roteiro pelas avenidas e ruas do Porto para fugir da baixa!

Avenidas e ruas do Porto para fugir da baixa: 7 sugestões

1. Avenida da Boavista

Com 5,5 km de extensão, a Avenida da Boavista é a mais longa avenida da cidade do Porto. Aí encontrará atrações como a Casa da Música, o Parque da Cidade e a Fundação de Serralves. Esta longa avenida começa na rua homónima – a Rua da Boavista – e só termina na Praça Gonçalves Zarco, conhecida por uma outra atração junto ao mar: o Castelo do Queijo.

A construção desta avenida remonta já ao ano de 1850, mas a ligação ao mar só foi concluída em 1917. Para facilitar a circulação automóvel, foram sendo feitas várias alterações e adaptações ao longo dos anos, mas esta avenida é uma das melhores montras da boa arquitetura portuense.

Aqui pode ainda encontrar edifícios importantes em termos económicos, como escritórios; hotéis; zonas comerciais; lojas de marcas conceituadas, como Hugo Boss, Dolce & Gabbana ou Versace; e habitação, muitas delas super luxuosas.

Finalmente, nesta avenida pode usufruir de alguns dos melhores restaurantes e espaços de lazer da cidade, sobretudo no que à animação noturna diz respeito.

2. Rua Miguel Bombarda

Para os amantes de arte, a Rua Miguel Bombarda é de passagem obrigatória. Começando na Rua da Cedofeita e terminando na Rua da Boa Nova, esta rua é famosa pelas suas muitas galerias de arte, lojas alternativas e o spot, por excelência, para os fãs de arte contemporânea. Saiba ainda que, pelo menos seis vezes por ano, as galerias de arte inauguram em simultâneo exposições de artistas portugueses e estrangeiros, acompanhando essa circunstância com muita animação, atraindo diferentes públicos, como investidores de arte, artistas, apreciadores, turistas e muitos curiosos.

Nesta rua, com cerca de 650 metros, também encontrará muitos restaurantes, livrarias e lojas, sobretudo de design, música, mobiliário alternativo, moda, etc. À noite, estas lojas encontram-se igualmente abertas, com muita música e animação à mistura. Desconhecida até há alguns anos, esta rua é hoje uma zona marcadamente jovem e moderna, tendo sido responsável pelo desenvolvimento e crescimento de muitos arruamentos circundantes.

3. Rua dos Mártires da Liberdade

Para quem gosta de uma atmosfera mais alternativa, a Rua dos Mártires da Liberdade tem uma variada opção de bares, ali mesmo encostado à baixa e perto dos mais tradicionais spots. Basta andar alguns metros e já está fora da confusão das galerias de Paris. Se quer aproveitar a noite ao som da mulher música alternativa, o V5 Bar tem sempre atrações ao vivo.

4. Avenida Brasil

A Avenida do Brasil é uma das avenidas mais importantes da cidade do Porto e, certamente, a avenida mais importante da zona da Foz do Douro. Percorrê-la de carro, de bicicleta ou a pé, permite desfrutar de uma vista única sobre o mar e sobre as maravilhosas praias que aí se estendem, como é o caso da Praia da Luz, de Gondarém ou do Molhe. Ao longo desta avenida, pode também encontrar muito comércio, comer umas pizzas saborosas no restaurante Varanda do Sol ou lanchar uns bolos deliciosos na Confeitaria Tavi.

Não deixe de passear pela pérgola da Foz, apreciar o pôr do sol e tirar magníficas fotografias. À vinda embora, aproveite também para admirar o maravilhoso casario que se estende frente ao mar e que é constituído por exemplares únicos da arquitetura dos séculos XIX e XX.

5. Rua do Campo Alegre

A Rua do Campo Alegre é uma rua longa que se estende, praticamente, desde a rua Diogo Botelho até à Praça da Galiza. Nesta longa extensão, pode encontrar um pouco de tudo. Jardins, como o Jardim Botânico do Porto; palacetes, como o Palacete Burmester; faculdades e institutos, como a Faculdade de Ciências da Universidade do Porto; hóteis, como o Ipanema Porto; e restaurantes, como o famoso Capa Negra, conhecido pelas suas deliciosas francesinhas.

6. Passeio de São Lázaro

A zona do passeio de São Lázaro e da Rua da Alegria começa a receber muitas novidades, em termos de bares, restaurantes e vida noturna. Para quem quer fugir da confusão da baixa e das galerias de Paris, mas aproveitar vitalidade do centro do Porto, esta zona é uma boa opção.

7. Rua Nossa Senhora de Fátima

Num dos raios da Praça Mouzinho de Albuquerque – habitualmente conhecida como Rotunda da Boavista -, localiza-se a Rua de Nossa Senhora de Fátima. Pouco conhecida do turismo em geral, nela situa-se a casa-museu que guarda um dos espólios mais fascinantes e valiosos da cidade: a Casa-Museu Marta Ortigão Sampaio.

Se nunca visitou, está na hora de fazê-lo e, já agora, se percorrer mais um pouco desta rua, poderá encontrar alguns espaços dedicados à arte contemporânea e, ainda, a belíssima Igreja de Nossa Senhora de Fátima. Esta construção foi dirigida pelo arquiteto Mário de Morais Soares, coadjuvado pelos seus colegas Fortunato Cabral e Cunha Leão. O autor dos vitrais foi o pintor Adalberto Sampaio.

E então o que lhe pareceu este “Porto alternativo”? Pois é, os encantos de uma cidade não se concentram, apenas, nas suas áreas mais turísticas. É, muitas vezes, aquilo que está mais escondido e intocado que mostra a real face de uma cidade – ou mesmo de um país. Quer seja visitante, quer seja residente, não deixe de seguir o nosso roteiro pelas avenidas e ruas do Porto para fugir da baixa e da massificação.

Comentários para "Lazer na Invicta. As ruas do Porto para fugir da baixa":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório