×
ContextoExato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 23 de setembro de 2018


Golpe do empréstimo

Golpe do empréstimo

Recentemente, acompanhamos pela televisão a denúncia de várias vítimas do golpe do empréstimo, e a internet é um campo fértil para isto

Por Ildecer Amorim - 07/12/2017 - 16:32:47

Recentemente, acompanhamos pela televisão a denúncia de várias vítimas do golpe do empréstimo, e a internet é um campo fértil para isto.

 

O mais comum é o estelionatário exigir que o consumidor realize um depósito antecipado antes de liberar o dinheiro do empréstimo, principalmente para quem é negativado. 

 

Se for feita exigência de depósitos antecipados para avaliação de cadastro ou para outra finalidade, denuncie. Fraudadores pedem depósitos sob a justificativa de que é para “conduzir a negociação’’. Após, isso, desaparecem.

 

Pode ocorrer de o consumidor estar pedindo um empréstimo online para um site fake. Para evitar problemas, sempre verifique se a navegação do site é segura por meio do ícone em forma de cadeado, que aparece no endereço do site.

 

Certificar-se sobre a idoneidade da empresa é o primeiro passo para evitar cair em golpes, conferindo assim se a instituição que está oferecendo crédito pela internet é real e confiável.

 

O consumidor também pode consultar se a empresa possui registro no Banco Central (BC), responsável por regular, fiscalizar e dar orientações para empresas que atuam no setor. Outra forma de se proteger antes de fechar negócio é verificar se ela não está entre as mais reclamadas no Procon, por exemplo, e como está a avaliação da empresa que pretende tomar empréstimo pelo consumidor.gov.br. As redes sociais também podem ser aliadas nessa investigação sobre a empresa. 

 

Os bancos, as financeiras e seus representantes oficiais (correspondentes bancários) nunca pedem pagamento adiantado para liberar empréstimo. É desta forma que os fraudadores aplicam os golpes de empréstimo pela internet, sendo que, geralmente, estes pagamentos são solicitados em conta corrente de pessoa física.

 

É bom conhecer o site, é comum que os fraudulentos se utilizem de conteúdos básicos, e com erros de grafia.

 

Procurar sobre a empresa nas redes sociais, em notícias, blogs, e no Reclame Aqui, site de reclamações. Caso não encontre nada sobre o site que oferece empréstimo, está aí um forte indício de fraude. 

 

O contrato de empréstimo só pode ser concedido por instituições financeiras autorizadas pelo Banco Central do Brasil. Além disso, somente os correspondentes bancários podem se relacionar com clientes em nome das instituições financeiras. 

 

Portanto, não confiar em contratações oferecidas por empresas que não sejam bancos, financeiras ou seus representantes oficiais.

 

Para atrair as pessoas, os sites fraudulentos costumam se passar por empresas sérias, utilizando seus dados cadastrais (CNPJ, a razão social e até endereço). Essa prática por si só já representa um crime de falsidade ideológica contra as empresas reais e idôneas, proprietárias destes dados cadastrais. Somente o telefone e/ou e-mail pertencem aos sites fraudulentos, canais pelos quais entram em contato com o cliente e por onde cometem os golpes.

Comentários para "Golpe do empréstimo":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório