×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de julho de 2018


Erosão dentária na infância? Você conhece este "novo" vilão?

Erosão dentária na infância? Você conhece este

Uma dica importante para combater a erosão

Redação Com Agências - 16/04/2018 - 19:50:25

Antigamente, na primeira infância, o foco era quase exclusivamente combater a doença cárie. Porém, existe um problema que vem crescendo bastante e alarmando os odontopediatras: a erosão dentária em crianças.

 

 
As principais substâncias relacionadas a erosão dentária tanto nos dentes de leite, quanto nos dentes permanentes, são através de uma dieta baseada em alimentos de baixo pH, sucos cítricos, refrigerantes, bebidas industrializadas com grande concentração de açúcar, isotônicos, dentre outros. Já para ocorrer a presença de suco gástrico na cavidade oral, geralmente, o paciente tem refluxos gastroesofágicos, vômitos ou regurgitações. Se esses episódios forem recorrentes, eles podem apresentar um risco à saúde dos dentes desses pacientes.


 
A erosão dentária em crianças vem crescendo de forma significativa e um dos principais fatores se deve ao fato de que as novas gerações possuem uma grande mudança no padrão alimentar. Estudos mostram que as crianças tem consumido excessivamente bebidas e alimentos ácidos casa vez mais cedo. Muitas vezes a ingestão de água é substituída por refrigerantes, sucos, leite fermentado e outras bebidas industrializadas. A ansiedade também pode ser um fator determinante para aquelas crianças que apresentam episódios frequentes de vômitos e refluxos, portanto, os pais devem ficar atentos ao comportamento da criança.


 
A erosão dental é progressiva, ou seja, ela causa danos irreversíveis à estrutura dental onde acaba ficando fragilizada. Nos casos mais avançados, a patologia pode afetar a dentina (camada interna do dente) e ocasionar sensibilidade durante a ingestão de alimentos frios, quentes, doces ou ácidos.
 

 

Caso seu filho(a) esteja passando por uma situação como esta, procure um Odontopediatra onde ele irá avaliar as causas da erosão através da analise da dieta, hábitos e comportamento da criança. Já nos casos de alterações gástricas ou quadros de ansiedade, um médico e um psicólogo devem atuar em conjunto para o controlo do quadro.


 
Uma dica importante para combater a erosão é, após as refeições, aguardar pelo menos 30 minutos para realizar a higiene oral, ou se não for possível, realizar um bochecho com a água antes de escovar os dentes. Manter uma dieta saudável é essencial, bem como diminuir a ingestão de bebidas ácidas ou fazer o uso de canudos para evitar o contato desses líquidos com a estrutura dental. Por se tratar de crianças, o auxílio e atenção dos pais se faz extremamente necessário para garantir hábitos saudáveis na alimentação e qualidade durante a higiene bucal.


 
Dra. Bruna Vasconcelos, especialista em Ortodontia e Odontopediatria. CRO-DF: 10909


 
Instagram: brunaluizavs

Comentários para "Erosão dentária na infância? Você conhece este "novo" vilão?":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório